30 dias | Comissão de Ética da Aleam deve apresentar parecer sobre processo de cassação de Joana Darc

30 dias | Comissão de Ética da Aleam deve apresentar parecer sobre processo de cassação de Joana Darc

30 dias | Comissão de Ética da Aleam deve apresentar parecer sobre processo de cassação de Joana Darc

Nesta segunda-feira, (21), o deputado Dermilson Chagas (Podemos) confirmou que a Comissão de Ética da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) deve apresentar o parecer do processo por quebra de decoro parlamentar da deputada Joana Darc (PL) em até 30 dias. Ela acusou 16 parlamentares de venderem seus votos por R$ 200 mil para eleger Roberto Cidade (PV) presidente da Aleam, em dezembro do ano passado.

Anúncios

Dermilson afirmou que já acionou o presidente da Comissão de Ética, deputado Sinésio Campos (PT), para que o processo contra Joana Darc, que estava suspenso no período em que ela estava afastada das atividades parlamentares por licença-maternidade, volte a tramitar na Aleam.

“O processo da deputada Joana Darc estava parado por conta da licença-maternidade. Eu comuniquei ao presidente da Comissão de Ética, Sinésio Campos, que vamos retomar o processo já que ela voltou aos trabalhos legislativos”, afirmou.

De acordo com o deputado, que é o relator do processo, as punições previstas no Regimento Interno que podem ser aplicadas à Joana Darc serão decididas pelos deputados quando houver a votação no plenário. “As punições podem ser advertência, afastamento do mandato e até a cassação. Acredito que, no máximo em 30 dias, vai estar concluso o relatório, sendo que ainda podemos ter pela frente o recesso parlamentar”, ressaltou.

Fonte: Portal O Poder

 

Deixe um comentário