A um ano das eleições, possíveis candidatos a deputado federal e estadual já se movimentam

A um ano das eleições, possíveis candidatos a deputado federal e estadual já se movimentam

A um ano das eleições, possíveis candidatos a deputado federal e estadual já se movimentam

Faltando um ano para as eleições de 2022, pré-candidatos a deputado federal e estadual já se movimentam em busca de partido, alianças e contato com o eleitorado. Entre os propensos candidatos, vários políticos sem mandato e que protagonizaram fracassos em eleições passadas, devem voltar à disputa no próximo pleito.

Anúncios

Com a polarização direita x esquerda acirrada em âmbito nacional, além da chamada “terceira via”, os candidatos a cargos no legislativo ficarão mais visados pelos eleitores e a ideologia defendida por eles será levada em consideração na hora do voto.

Com o intuito de ajudar o eleitor amazonense, o Direto ao Ponto selecionou alguns possíveis candidatos a deputado federal e estadual em 2022.

Câmara dos Deputados

Ex-prefeito de Manaus, ministro, senador e deputado federal, Alfredo Nascimento (PL) é um dos que tentarão voltar à Câmara dos Deputados em 2022. O político pavimenta sua candidatura desde o ano passado e nos últimos meses tem acelerado as articulações tanto na capital quanto no interior.

Vice de Alfredo na disputa pela Prefeitura de Manaus no ano passado, Conceição Sampaio (PSDB) tentará retornar ao cargo que ocupou de 2014 a 2018.

Um dos nomes mais cotados para uma das oito cadeiras que o Amazonas tem na Câmara é de Vanessa Grazziotin (PC do B). Ela aposta justamente na polarização ideológica que dividiu o País e na proximidade com o ex-presidente Lula para atrair o eleitorado de esquerda.

Outro possível candidato é o ex-prefeito de Coari, Adail Filho (PP), que buscará esta vaga na Câmara Federal.

Candidato mais votado da história do Amazonas para deputado federal com mais de 250 mil votos, Arthur Bisneto (PSDB) deve voltar à disputa eleitoral em 2022 e tentará voltar à Câmara dos Deputados.

Hissa Abrahão (PDT), que já foi vice-prefeito, ex-deputado federal, ex-vereador e secretário de Infraestrutura e tentou nas eleições de 2018 uma vaga no Senado Federal, mas não obteve sucesso, quer voltar à Brasília em 2022.

Já o ex-deputado federal e atual secretário de Educação de Manaus, Pauderney Avelino (DEM) é outro candidato a uma vaga na Câmara do Deputados. Embora ainda não tenha dito abertamente que será candidato, o seu nome já aparece em pesquisas eleitorais.

Além dos nomes que já ocuparam cargos eletivos, correm por fora dois novatos que devem disputar o próximo pleito. A filha do prefeito de Manaus, Fernanda Aryel Almeida, que é presidente nacional jovem do Avante, e o apresentador do extinto programa Alô Amazonas, da TV A Crítica, Mário César Filho.

Assembleia Legislativa

O ex-governador do Amazonas, José Melo (Pros), que trabalha fortemente, sobretudo no interior, busca voltar a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). E ainda segundo interlocutores, Melo sonha alto, ele quer além de ser eleger deputado estadual, é se tornar presidente da Casa Legislativa.

Embora o ex-governador tenha sido cassado em 2019 por abuso de poder político e econômico na campanha de 2014, pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), sua assessoria afirma que ele segue confiante e tranquilo que irá conseguir reverter a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Outro possível candidato do campo progressista é Praciano (PT) que pode disputar o governo do Amazonas ou uma cadeira na Aleam. O petista que já foi deputado federal de 2006 a 2010, tem prestígio junto aos militantes, o que o coloca como forte postulante.

E entre outros possíveis candidatos a deputado estadual está Hiram Nicolau (Sem partido), que foi vereador de Manaus por dois mandatos e decidiu não concorrer à reeleição em 2020. Agora o herdeiro do Grupo Samel vem para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) em 2022 muito provavelmente pelo PDT.

Outro que vem da CMM, é o ex-vereador Reizo Castelo Branco (PTB) que em 2012, ao disputar a reeleição, foi o candidato a vereador mais votado daquela eleição, com 18.109 votos. Porém, ao tentar ser reeleito pelo quarto mandato em 2020, conquistou apenas 1.779 votos, ficando de fora da nova legislatura do parlamento municipal. Agora, ele busca um lugar ao sol na Aleam.

Ronaldo Tabosa é outro nome que deve aparecer no ano que vem. Em 2019, ele chegou a assumir a vaga deixada pelo deputado estadual Álvaro Campelo (PP) na CMM, porém em 2020, não conquistou a eleição e só recebeu apenas 2.379 votos. Agora, o apresentador de TV sofre dificuldades para encontrar um partido que aceite lançar seu nas eleições de 2022.

O ex-vereador e ex-presidente do Fast Clube, o empresário Ednaílson Rozenha, que é pré-candidato à presidência da Federação Amazonense de Futebol (FAF) é um outro nome forte que vem disputar a Aleam em 2022.

Ex-deputado estadual e atual secretário Municipal de Limpeza Pública (Semulsp), Sabá Reis, não descarta e nem confirma ainda sua disputa para Aleam. O que se sabe, no entanto, é que Sabá tem mantido conversas com políticos de diversas correntes nesta semana esteve reunido com o presidente estadual do PL, Alfredo Nascimento.

João Pedro, ex-senador, ex-deputado estadual e ex-candidato a vereador pelo PT nas eleições de 2020, voltará ao cenário político mais uma vez, disputando uma vaga na Aleam em 2022.

Quem também quer votar à Aleam é o ex-deputado estadual e ex-líder de Amazonino na Aleam, Vicente Lopes (PV). Ele já ocupou uma cadeira no Parlamento Estadual por cinco mandatos e em 2018 tentou, sem êxito, mais uma reeleição.

O ex-deputado estadual, Luiz Castro (Rede) é outro nome forte na disputa, embora o seu partido tenha como prioridade número 1, o eleger para a Câmara dos Deputados, talvez fique com uma vaga na Assembleia Legislativa.

Eron Bezerra, presidente do Partido Comunista do Brasil (PCdoB-AM), se declarou pré-candidato ao governo no ano que vem, porém tudo indica que talvez ele lute mesmo por uma vaga na Aleam.

Platiny Soares (subsecretário de Juventude, Esporte e Lazer) e Wanderley Dallas (SD) são outros dois ex-parlamentares que buscam voltar ao parlamento em 2022.

Deixe um comentário