Aleam aprova que Túnel Verde de Itacoatiara se torne Patrimônio Cultural 

Aleam aprova que Túnel Verde de Itacoatiara se torne Patrimônio Cultural 

Um dos maiores túneis verdes do Brasil, o Canteiro Central da Avenida Parque de Itacoatiara (município a 176 km da capital) será reconhecido como Patrimônio Cultural de Natureza Material do Amazonas. A medida oriunda do Projeto de Lei nº 185/2017, assinado pelo deputado estadual Ricardo Nicolau (PSD), foi aprovada por unanimidade nesta terça-feira (8), pela Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam).

A matéria seguirá para sanção do governador. De acordo com o autor da proposta, caberá ao Executivo Estadual adotar as medidas necessárias para o registro do bem material, conforme determina a legislação. “O principal cartão postal de Itacoatiara merece ser valorizado e ganhar o devido destaque enquanto uma das principais atrações turísticas do nosso Estado”, afirmou Ricardo Nicolau durante a votação.

Com 1,830 km de extensão e 32 metros de largura, o Canteiro Central da Avenida Parque está completando 90 anos de existência. A arborização da via, à época denominada como Avenida Ruy Barbosa, partiu de iniciativa do primeiro prefeito de Itacoatiara, Isaac José Peres, no ano de 1928. A principal referência foi a Champs Elysées, prestigiada avenida da capital francesa Paris.

Após sucessivas expansões e melhorias no projeto original, a Avenida Parque corta atualmente o traçado urbano de Itacoatiara ao meio, contando com 346 pés de oiti, árvore natural do cerrado brasileiro considerada como ideal para o sombreamento de praças e jardins. As árvores estão dispostas em fila dupla, totalmente entrelaçadas, formando o túnel verde.

Preservação – Além do projeto de valorização do túnel verde de Itacoatiara, o deputado Ricardo Nicolau também destacou sua proposta de deslocamento dos ambulantes que se instalaram ao longo do Canteiro Central da Avenida Parque para um local apropriado ao comércio. Em novembro do ano passado, o parlamentar encaminhou o Requerimento nº 5379/2017 à prefeitura do município.

“Fizemos uma indicação à prefeitura solicitando a construção de um shopping a céu aberto para abrir os aproximadamente 200 comerciantes que estão instalados na Avenida Parque. Seria o primeiro empreendimento desse tipo em todo o interior do Amazonas, desobstruindo o canteiro, fortalecendo a economia e gerando emprego e renda”, explicou o deputado.

Deixe um comentário