Você está visualizando atualmente Alessandra Campelo denuncia corte do fornecimento de energia elétrica na sede do Conselho Tutelar em Presidente Figueiredo.

Alessandra Campelo denuncia corte do fornecimento de energia elétrica na sede do Conselho Tutelar em Presidente Figueiredo.

A vice-presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), Alessandra Campêlo (MDB), denunciou ao Poder Legislativo o descaso com a sede do Conselho Tutelar no município de Presidente Figueiredo, que teve o fornecimento de energia elétrica cortada desde a última segunda-feira (1), pelo não pagamento da conta por parte da prefeitura.

Alessandra afirma que as denúncias chegaram a ela por meio dos conselheiros tutelares do município. Os defensores das crianças e adolescentes se dizem inviabilizados para o atendimento das ocorrências feitas ao conselho, já que as portas seguem fechadas devido à falta de energia.

Para a vice-presidente, a responsabilidade do pagamento da dívida é da Prefeitura do município.

“A responsabilidade pelo pagamento é da Prefeitura de Presidente Figueiredo e vamos enviar expediente pedindo urgentemente a retomada do fornecimento da energia elétrica do Conselho Tutelar, pois o trabalho que os conselheiros exercem é extremamente importante para a sociedade”, disse Alessandra.

Projeto aprovado

No dia 25 de junho foi aprovado na Assembleia Legislativa o projeto de lei de autoria da deputada Alessandra, que institui o Dia Estadual do Conselheiro Tutelar, a ser comemorado anualmente no dia 18 de novembro.

“Por ocasião do Dia Estadual do Conselheiro Tutelar, poderão ser efetivadas ações de mobilização, palestras, debates, encontros, panfletagens, eventos e seminários visando à homenagem em prol dos conselheiros tutelares e das funções institucionais dos Conselhos Tutelares, estendendo-se as atividades durante toda a semana de novembro que incluir o dia 18 de novembro”, explicou a deputada em sua justificativa do projeto.

Deixe um comentário