You are currently viewing Amazonas retorna à fase amarela com transmissão de baixo risco após redução de positividade para Covid-19

Amazonas retorna à fase amarela com transmissão de baixo risco após redução de positividade para Covid-19

Amazonas retorna à fase amarela com transmissão de baixo risco após redução de positividade para Covid-19

O Amazonas retorna à fase amarela, de baixo risco para transmissão do novo coronavírus, após identificação de redução de 56% na média diária de casos confirmados e, também, de 42% em leitos hospitalares ocupados por pacientes com Covid-19, além de atingir média móvel de óbitos pela infecção inferior a dois por dia. A análise compreende o período de 23 de fevereiro e 8 de março. O boletim está disponível em https://bit.ly/34GcGHS.

Anúncios

Os dados constam no Boletim Epidemiológico da Covid-19, nº 37, divulgado, nesta sexta-feira (11/03), pela Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), através da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), por meio da Sala de Situação de Análise de Saúde do Amazonas (SASS).

Na positividade para o novo coronavírus, o interior do estado apresentou 69% na redução de casos confirmados. Na capital, Manaus, a redução foi de 55%. Já em relação à ocupação hospitalar, incluindo leitos clínicos e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), a redução no interior foi de 62% e 35% na capital.

Nos óbitos registrados por Covid-19, foi identificada redução da taxa de mortalidade, durante o mês de fevereiro, em adultos e idosos, de 21% e 15% respectivamente. Não foram registrados óbitos por Covid-19 entre os dias 5 e 8 de março.

“No entanto, mesmo com a redução dos indicadores, voltamos a alertar para a importância da vacina, já que, entre pacientes com 12 anos ou mais, quem não se vacinou apresenta risco 18,6 vezes maior de hospitalização e 4,4 vezes maior de ir a óbito por Covid-19, quando comparados com aqueles que apresentam a situação vacinal completa”, destaca a diretora-presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim.

Vacinação – A cobertura vacinal contra Covid-19 em esquema primário (duas doses ou dose única), no Amazonas, atingiu 77,7%, considerando a população de 12 anos ou mais, sendo que a capital apresenta cobertura de 85,3% e o interior de 68,4%.

Segundo a assessora da Sala de Situação de Análise de Saúde do Amazonas (SASS/FVS-RCP), Leíse Fernandes, que coordena a consolidação do boletim ampliado, dos 61 municípios do Amazonas, 15% apresentam cobertura de esquema completo menor que 50%, da população com 12 anos ou mais; e 61% dos municípios do Amazonas apresentam cobertura completa entre 50 e 80% nessa mesma população.

“Outro dado a se destacar, é que apenas 25% dos municípios do interior do estado apresentam cobertura com esquema completo maior que 80%, na população que compreende pessoas com 12 anos de idade ou mais”, acrescenta Leíse.

Prevenção – Após reunião do Comitê Interinstitucional de Enfrentamento da Covid-19, realizada nesta sexta-feira (11), o governador do Amazonas, Wilson Lima, divulgou a desobrigação do uso de máscara em ambientes abertos no Amazonas, mas recomendando o uso de máscara, principalmente, para a população acima de 60 anos que é considerada vulnerável. A desobrigação vale a partir de emissão de decreto governamental que deve ser divulgado nos próximos dias.

A FVS-RCP destaca que as demais medidas preventivas à Covid-19 permanecem sendo necessárias para evitar a disseminação contra o novo coronavírus no estado, com uso de máscara obrigatório em ambientes fechados, higienização das mãos (com água e sabão e álcool a 70%), praticar o distanciamento físico e evitar aglomerações de pessoas.

Deixe um comentário