‘Amazônia e Zona Franca de Manaus são pautas nacionais para o desenvolvimento do Brasil’, diz Arthur Virgílio

‘Amazônia e Zona Franca de Manaus são pautas nacionais para o desenvolvimento do Brasil’, diz Arthur Virgílio

‘Amazônia e Zona Franca de Manaus são pautas nacionais para o desenvolvimento do Brasil’, diz Arthur Virgílio

Dois assuntos de longa data defendidos pelo presidente do PSDB no Amazonas e pré-candidato às prévias presidenciais do partido, Arthur Virgílio Neto, também deverão estar na agenda nacional, a depender do ex-senador e ex-prefeito de Manaus.

Anúncios

“A preservação e o uso sustentável do potencial da Amazônia, bem como a manutenção da Zona Franca de Manaus, devem ser vistos como pautas nacionais para o desenvolvimento do Brasil”, advertiu o político.

Para Arthur, é preciso que os brasileiros, especialmente, os governantes do país, entendam a importância região amazônica para o Brasil. “A Amazônia tem vivido os problemas das devastações, mas a saída clara está em entendermos uma coisa simples: a vocação da Amazônia está em seus rios, nos seus peixes, está no valor que a água vai ter como commodity, até muito maior que o do petróleo. Então, o Brasil tem saída, investindo em pesquisa, no conhecimento científico e tradicional, e desvendar os segredos trilionários que a floresta esconde”, alertou.

A avaliação aconteceu após passagem do governador de São Paulo, João Doria, pela capital amazonense, também pré-candidato às prévias partidárias. Em coletiva à imprensa na tarde do último sábado, o governador paulista assumiu o compromisso proposto por Arthur de juntos criarem um Plano de Desenvolvimento para a região “mais estratégica para o país”, como tem dito Virgílio.

“O pagamento sobre serviços ambientais tem que ser instituído no Brasil e, se Arthur ou eu formos eleitos como presidente, isso será mandatório. Temos que dar compensação ambiental aos estados e regiões brasileiras que protegem a árvore de pé, com pagamentos sobre serviços ambientais, sim, para o ribeirinho, para o caboclo e para o indígena, pelas razões que foram muito bem postas pelo Arthur”, avaliou João Doria. “Quero deixar claro que sou ampla e francamente a favor da Zona Franca de Manaus e eu venho do setor privado e reconheço a importância dela, dando prioridade a empresas que investem em pesquisas aqui na região”, completou o governador de SP, aderindo às bandeiras de Arthur.

A partir das prévias do PSDB, único partido até o momento a ter esse processo de escolha interna para definir um candidato à presidência para 2022, a intenção de Arthur Virgílio é que o Partido da Social Democracia Brasileira incorpore de vez, independente do candidato escolhido, o objetivo de tornar a Amazônia prioridade nacional. “Então, digo aos brasileiros o seguinte: por favor, ‘tirem a venda dos olhos’, destampem os ouvidos, aticem a inteligência de vocês, entendamos todos nós, brasileiros, o que é a Amazônia e o que ela representa para o Brasil”, concluiu Virgílio.

Deixe um comentário