Você está visualizando atualmente Amazonino Mendes perde na Justiça Eleitoral

Amazonino Mendes perde na Justiça Eleitoral

Candidato pediu direito de resposta e exclusão de vídeo em que Wilson Lima fala de ataques que vem sofrendo com fake news

A coligação “Eu Voto no Amazonas” e o candidato Amazonino Mendes perderam na Justiça o direito de resposta e o pedido de exclusão de um vídeo postado por Wilson Lima nas redes sociais no último dia 13 de outubro. No vídeo, o candidato do Partido Social Cristão alerta a população que está sendo alvo de notícias falsas, publicadas nas redes sociais com o objetivo de confundir o eleitor.

Na decisão contra Amazonino Mendes, publicada nesta quarta-feira (17), o juiz auxiliar do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas, Victor Andre Liuzzi Gomes, reconhece que as informações veiculadas no vídeo são verídicas e constata que “há várias representações movidas pelo representado [Wilson Lima] cujo objeto é justamente a veiculação de fotomontagens com conteúdo inverídico”. Para o juiz, “a mera menção à expressão genérica ‘nossos adversários’, por si só, não comprova abuso capaz de justificar a suspensão liminar da veiculação do vídeo”.

Desde que começou a campanha no segundo turno, a coligação “Transformação por um novo Amazonas” já obteve dez decisões favoráveis na Justiça Eleitoral, que reconheceu a divulgação de fake news contra Wilson Lima e seu vice, o defensor público Carlos Almeida.

Confira o vídeo e a íntegra do texto em que Wilson Lima fala sobre os ataques que vem sofrendo com notícias inverídicas:

“O povo do Amazonas está cansado da velha maneira de fazer política, não há mais espaço para a desonestidade e a mentira, é a hora de mudança. Os nossos adversários partiram de vez para o jogo sujo na internet, nas redes sociais e todos os dias dezenas de conteúdo são fabricados para confundir e desinformar você. Inclusive acabei de receber a informação de que estão montando vídeos, áudios, conversas, fotos, notícias falsas, documentos. Essas práticas da velha política precisam acabar, nós somos diferentes, nós representamos a mudança e vamos mostrar que é possível sim fazer política com respeito, debatendo ideias de maneira sincera e respeitosa. A verdade vai vencer a mentira, a honestidade vai vencer o oportunismo. Nunca a gente esteve tão perto de mudar a história do Amazonas. A bronca agora é com todos nós!”.

Deixe um comentário