Após insultos aos colegas, desembargador do TJAM pede desculpas

Após insultos aos colegas, desembargador do TJAM pede desculpas

Após insultos aos colegas, desembargador do TJAM pede desculpas

O desembargador Aristóteles Thury, do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) reconheceu, em sessão virtual do pleno nesta terça-feira (8), que comemorou de forma inadequada a vitória do entendimento dele em julgamento do colegiado no dia 1º de setembro e pediu desculpas por insultar os desembargadores Socorro Guedes e Yedo Simões.

Anúncios

Na ocasião, Thury, que também é presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) esqueceu que o microfone dele estava ligado e deixou vazar a declaração de que Guedes e Simões, que defenderam entendimento contrário a ele, haviam pegado “porrada”. “Pegou porrada, lesa. Ela e o Simões, o Yedo”, disse Thury.

“Reconheço que naquele momento utilizei expressões constrangedoras contra os nobres colegas que mantinham um entendimento diferente do meu. Por isso, sinto-me na obrigação de vir a público expressar minhas sinceras desculpas a desembargadora Socorro Guedes e ao desembargador Yedo Simões”, afirmou o desembargador, nesta terça-feira.

Guedes recebeu as desculpas de Thury e disse que não esperava outra postura do colega.

“Essa página está vencida. Eu acho que nós fechamos esse momento com as escusas de vossa excelência, que é lógico que eu recebo. Nós somos um colegiado. Às vezes, por um motivo ou por outro, nos inflamamos. É nossa humanidade, mas antes de tudo devemos e somos fraternos”, disse.

Fonte: Amazonas Atual 

Deixe um comentário