Arthur Neto chama Ricardo Salles de ministro do ‘desmatamento’

Arthur Neto chama Ricardo Salles de ministro do ‘desmatamento’

Arthur Neto chama Ricardo Salles de ministro do ‘desmatamento’

Em publicação feita no Twitter nesta quarta-feira (19), o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), se referiu a Ricardo Salles como “ministro do desmatamento”.

Anúncios

O tucano comentou na rede social sobre a operação Akuanduba, da Polícia Federal da qual o ministro do Meio Ambiente e o presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Eduardo Bim, foram alvos. A operação da PF investiga a exportação ilegal de madeira para Estados Unidos e Europa.

“O Ministro do Desmatamento, Ricardo Salles, e o presidente do Ibama, Eduardo Bim, são alvos de operação da PF, autorizada pelo STF, que investiga exportação ilegal de madeira para EUA e Europa. Além de Bim, nove servidores dos órgãos foram afastados. A exportar produtos da nossa floresta amazônica – pasmem! – sem que necessário fosse emitir autorizações de exportação. Que absurdo!”, escreveu Arthur.

O ex-prefeito conclamou Ajuricaba – líder dos Manaos – pelo fim do governo de Jair Bolsonaro.

“O nome da operação? Akuanduba, divindade da mitologia indígena que habita o Pará e que age contra quem comete excessos. Convoco, então, sob regime de urgência, Ajuricaba – líder indígena dos Manaós – para dar fim a esse governo tão nocivo ao Meio Ambiente”, concluiu.

Deixe um comentário