Arthur Virgílio diz que se fosse presidente o garimpo seria extinto
Convenção do PSDB que elegeu o governador Geraldo Alckmin como presidente do partido.Foto: Sérgio Lima/PODER 360

Arthur Virgílio diz que se fosse presidente o garimpo seria extinto

Arthur Virgílio diz que se fosse presidente o garimpo seria extinto

Anúncios

Em meio a onda de notícias sobre garimpo ilegal tomando contas de águas da Amazônia nos últimos dias. O pré-candidato a presidência da República pelo Amazonas, Arthur Virgílio (PSBD), foi às redes sociais manifestar seu repúdio ao acontecimento onde afirma também, que se eleito presidente, extinguirá o garimpo ilegal.

“Não é de hoje que alerto sobre todas as mazelas ambientais e sociais que o garimpo acarreta. Polui rios, adoece peixes e pessoas, envolve trabalho escravo, contrabando, nada de bom pode se esperar dessa atividade. É criminosa! Se presidente fosse o garimpo seria extinto”, afirmou Virgílio.

O ex-prefeito de Manaus ainda avaliou outros crimes ambientais que prejudicam a Amazônia, e destacou os prejuízos acarretados que prejudicam não somente o meio ambiente, mas principalmente a população.

“Vemos estarrecidos mais um grave crime ambiental na Amazônia, não bastam sucessivos recordes de desmatamentos e queimadas, agora, uma invasão de garimpeiros coloca ainda mais em risco todo o ecossistema do Rio Madeira. Crime contra o planeta! Crime contra a vida”, avaliou o pré-candidato.

Deixe um comentário