Asfalto da BR-319 racha mais uma vez e pode interditar rodovia

Asfalto da BR-319 racha mais uma vez e pode interditar rodovia

Asfalto da BR-319 racha mais uma vez e pode interditar rodovia

Anúncios

O asfalto de trecho da BR-319 rachou, a 20 quilômetro da cidade Careiro Castanho (AM), e está na iminência de ser interditado novamente.

Nos últimos dias, uma enorme rachadura se abriu na pista e de ontem para hoje agravou a situação, dificultando a passagem de veículos. O asfalto foi colocado em serviço feito pelo governo Bolsonaro, no ano passado.

O local, porém, é encharcado e moradores da estrada avisaram na ocasião que o asfaltamento não resistiria à umidade da várzea.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) já está ciente na situação e em breve deve agir para restaurar a trafegabilidade da segunda pista da BR-319.

De acordo com a superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Arlene Lamego, a cratera surgiu a partir de um bueiro, após as fortes chuvas que atingiram a região. A correnteza da água causou uma erosão que provocou o desabamento da pista.

BR-319

Inaugurada em 1976, a BR-319 é a única rodovia que liga Manaus a Porto Velho e é conhecida pelas péssimas condições. Tem mais de 800 quilômetros de extensão, porém somente os segmentos localizados próximos às capitais estão asfaltados.

Há trechos não pavimentados que causam prejuízos a quem necessita trafegar pela estrada. As alternativas à rodovia são o transporte aéreo ou por barco, em uma viagem que dura quase uma semana.

Veja vídeo completo

Deixe um comentário