Baratão da Carne doa 7500 litros de oxigênio para ajudar famílias de doentes com covid-19

Baratão da Carne doa 7500 litros de oxigênio para ajudar famílias de doentes com covid-19

Baratão da Carne doa 7500 litros de oxigênio para ajudar famílias de doentes com covid-19

A rede de supermercados Baratão da Carne, está doando 150 cilindros de oxigênio, que corresponde a 7500 litros do insumo, para famílias de Manaus. A carga chegou de São Paulo neste sábado (23) por meio de avião e será disponibilizada para pacientes com doenças respiratórias, espacialmente os afetados pela Covid-19.

Anúncios

A doação chega em um momento que o Amazonas registra um aumento no número de casos da doença causada pelo novo coronavírus, a rede de saúde está sobrecarregada com falta de leitos e muitas famílias tem que tratar os doentes em casa mas enfrentam outro grave problema que é o desabastecimento de oxigênio medicinal no estado.

O diretor-presidente do Baratão da Carne, Edilson Rufino, a doação é uma retribuição ao povo amazonense. “Estamos solidários a essa difícil situação vivida por tantas famílias que sofrem os efeitos da pandemia”, afirmou. “Essa é uma pequena retribuição da nossa empresa a todas as famílias de Manaus”, acrescentou Rufino.

O transporte dos cilindros até as casas dos pacientes foi feito com apoio da Distribuidora Lopes, que aceitou o convite do Baratão da Carne para participar da ação solidária.

Ano passado, a rede de supermercados já havia feito uma ação no município de Parintins, onde foram doados remédios, equipamentos hospitalares e alimentos para o hospital Padre Colombo e a policlínica Padre Vitório.

Em 2019, outra ação solidária doou ao hospital Padre Colombo mais de 35 toneladas de carnes bovina e de aves e outros mantimentos. As doações beneficiaram pacientes e seus acompanhantes, bem como aos profissionais do hospital.

Para a policlínica Padre Vitório foi doado um equipamento para exames de sangue, que antes eram feitos em Manaus e demoravam até 48h para ficar prontos. A policlínica já recebeu vários equipamentos, cujo investimento foi de aproximadamente R$ 500 mil.

Confira o vídeo

 

Deixe um comentário