Você está visualizando atualmente Câmara de Manaus vai cancelar medalha entregue a policial

Câmara de Manaus vai cancelar medalha entregue a policial

Câmara de Manaus vai cancelar medalha entregue a policial

A Câmara Municipal de Manaus (CMM) afirmou por meio de nota divulgada neste domingo (20) que vai iniciar o processo para o cancelamento e devolução da honraria feita ao mestre de jiu-jítsu e investigador da Polícia Civil Raimundo Nonato Machado, dono da arma usada pela mulher dele para atirar em um advogado. O policial está preso após se apresentar na sede da Delegacia Geral.

Raimundo Nonato é um dos líderes reconhecidos de uma academia de jiu-jítsu, em Manaus. Ele foi homenageado pela CMM, em 2021, com a Medalha de Ouro Alfredo Barbosa Filho, que é uma das maiores honrarias concedidas pela Casa Legislativa, concedida ao cidadão que “prestou serviços relevantes à cidade de Manaus e sua gente por mais de 10 anos“.

O pedido de cancelamento foi feito pelo vereador Allan Campelo (Podemos), propositor da homenagem.

Em nota, a CMM ressaltou que os vereadores que integram a 18ª Legislatura não compactuam com comportamentos desta natureza e repudiam todo e qualquer ato de violência.

A Casa Legislativa também manifestou, ainda, solidariedade às vítimas dos infelizes atos de agressão que tornaram-se públicos em Manaus e no Brasil.

O caso

O crime aconteceu em um condomínio na Ponta Negra, Zona Oeste da capital, na noite de sexta-feira (18). Na ocasião, a mulher do policial atirou contra o advogado, após ele tentar apartar a briga dela com a babá da vítima.

No sábado (19), a Justiça já havia mantido a prisão da mulher e expediu mandado de prisão para o policial, que se entregou neste domingo.

Fonte: G2 Amazonas

Deixe um comentário