Capitão Alberto Neto quer garantir seguro de vida aos profissionais de segurança

Capitão Alberto Neto quer garantir seguro de vida aos profissionais de segurança

Capitão Alberto Neto quer garantir seguro de vida aos profissionais de segurança

A desassistência de familiares de profissionais de segurança pública mortos é muito grave no Brasil, sobretudo, quando os mesmos deixam filhos menores de idade. E pensando em uma alternativa, o deputado federal Capitão Alberto Neto (Republicanos) apresentou o projeto de lei 184/2021, que propõe a contratação de seguro de vida para policiais civis e militares para que as famílias enlutadas tenham a garantia destes recursos ao retomar a vida sem o ente querido.

Anúncios

“Nossos policiais arriscam suas vidas em benefício da sociedade, muitos acabam morrendo em combate ou por doenças ocasionadas pelos anos de serviço militar. Nada mais justo que o Estado assegure seus familiares financeiramente”, disse o parlamentar.

Segundo o capitão, todos os Profissionais de Segurança que constam no Art. 144 da CF/88 serão contemplados.

“O seguro de vida terá valor mínimo referente a doze remunerações integrais do segurado, no caso do seu falecimento, independentemente da causa”, afirmou.

O PL prevê ainda a complementação de recursos para os estados possam fazer a contratação do serviço aos profissionais.

“Vamos continuar nossa luta para garantir mais dignidade para o profissional da segurança. Com tantos casos de policiais mortos em serviço, vítimas da bandidagem, e outros tantos mortos por Covid-19, este projeto se torna ainda mais relevante”, ressaltou o deputado.

O texto segue para apreciação nas Comissões de Constituição e Justiça e de Segurança Pública. A categoria espera com otimismo que o projeto seja aprovado.

“Saber que meus filhos estarão amparados financeiramente é muito importante para que nós possamos desempenhar nosso trabalho com mais tranquilidade”, reforçou o policial militar E. S.

Deixe um comentário