“Cara de pau” e um “verdadeiro escândalo, dizem repórteres da Globonews sobre gastos do governo do Amazonas de R$ 1,5 milhão em Árvore de Natal

“Cara de pau” e um “verdadeiro escândalo, dizem repórteres da Globonews sobre gastos do governo do Amazonas de R$ 1,5 milhão em Árvore de Natal

“Cara de pau” e um “verdadeiro escândalo, dizem repórteres da Globonews sobre gastos do governo do Amazonas de R$ 1,5 milhão em Árvore de Natal

O governador do Amazonas, Wilson Lima, foi destaque nacional ontem (15) na GloboNews pelo gasto milionário de R$ 1.500.000,00 na decoração de Natal deste ano, em meio a pandemia do Covid-19.

Anúncios

O governo do Amazonas foi alvo de críticas dos jornalistas Marcelo Cosme e Andréia Sadi.

“Cara de pau”, disse Marcelo Cosme, questionando o número de vacinas que esse recurso poderia comprar.

“Estou perplexa com essa iniciativa do executivo. Um verdadeiro escândalo” disse Andréia Sadi, lembrando que o auxílio emergencial está acabando e que esse recurso poderia ser melhor empregado.

Entenda o caso

O Governo do Amazonas tentou justificar o gasto de R$ 1,5 milhão em serviços natalinos com a contratação de mão de obra de artistas. A declaração foi dada nesta terça-feira (15), durante anúncio de pagamento do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Inicialmente, seriam gastos mais de R$ 2 milhões sem licitação para a compra de decoração natalina, mas o Governo voltou atrás e reduziu o valor para R$ 1,5 milhão. A licitação foi dispensada pela Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural com a justificativa de se enquadrar em uma lei que não exige o processo em casos de emergência e calamidade pública. Quatro empresas foram contratadas para os serviços.

“O investimento que o governo está fazendo em cultura não é pela diversão, mas é para garantir emprego de artistas, de pessoas que foram prejudicadas com a pandemia. Os primeiros que foram prejudicados foram os artistas, e têm muitas famílias precisando do dinheiro, em dificuldade financeira e passando fome”, disse.

Com a montagem e desmontagem de árvore de Natal serão empregados R$ 550 mil, destinados à empresa AC Entretenimento e Produção. Para “operacionalização de eventos natalinos” pela empresa Ecoart Estrutura e Produção, serão gastos R$ 217,5 mil, enquanto que serviços de direção técnica, incluindo alimentação e logística, custarão R$ 439,5 mil pela empresa LM Consultoria. Já os serviços de produção artística, incluindo material, serão fornecido pela Vlaanderen Produções Culturais por R$ 312 mil.

Deixe um comentário