Você está visualizando atualmente Carnaval na Floresta: Escolas de Samba do Grupo Especial disputam o título de 2024 neste sábado 

Carnaval na Floresta: Escolas de Samba do Grupo Especial disputam o título de 2024 neste sábado 

Carnaval na Floresta: Escolas de Samba do Grupo Especial disputam o título de 2024 neste sábado 

Após dois dias de desfiles dos grupos de acesso, o Sambódromo de Manaus recebe, neste sábado (03), o desfile das escolas de samba do grupo especial, o mais esperado da temporada Carnavalesca, no qual as escolas que compõem a elite do Carnaval de Manaus disputam o título de campeã de 2024.

A programação tem início com dois desfiles simbólicos e alegres que não entram na competição. Às 17h, integrantes do Projeto Vida e Saúde do Idoso Ativo, da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) abrem as festividades. Em seguida, às 18h, o Bloco da Saúde, da Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) também desfila na passarela do samba.

O desfile competitivo tem início às 20h com a Unidos do Alvorada. A representante do Planalto e do bairro que dá nome à escola, traz o enredo “Adetutu, o Sonho de uma Mãe Africana”, que conta a história da criação do mundo sob a perspectiva da cosmogonia africana.

Em seguida, às 21h20, a escola Andanças de Ciganos adentra a passarela do samba representando o bairro da Cachoeirinha, na zona centro-sul. A escola vai apresentar o enredo “Sophia – A Arte da Sabedoria”, com o qual viajará pela história da sabedoria e do conhecimento, aliando passado e futuro, história e inovação.

Às 22h40, é a vez do bairro da Compensa mostrar sua verve carnavalesca, representando a zona oeste com o desfile da Vila da Barra, que traz o enredo “Quem não nasce pra servir, não serve pra viver. Salve! Salve! Sêo Dotô, Bravo Sinhô! O Rei da Malandragem, Seu Zé Pilintra chegou”.

Rompendo a madrugada do domingo, a Reino Unido da Liberdade entra na passarela à meia-noite, representando o bairro Morro da Liberdade, na zona Centro-Sul. Com o enredo “Matriarcas”, idealizado inicialmente para homenagear as matriarcas da própria escola, a Reino Unido promete homenagear todas as grandes matriarcas da humanidade.

A atual campeã do Carnaval, a Mocidade Independente de Aparecida inicia seu desfile à 1h20 da madrugada. A representante do bairro de Aparecida, na zona Sul de Manaus, apresenta o enredo “O Madeira é testemunha. A floresta, o berço. Luta, suor e união para a eternidade. Aparecida vem mostrar a saga da família Cidade”.

A zona leste, representada pela escola A Grande Família, entra na avenida do samba às 2h40. A escola do bairro do São José traz o enredo “Kianumaká-Manã – A Protetora da Floresta”, que parte de uma lenda milenar indígena para levantar a bandeira da proteção ambiental.

Às 4h da madrugada de domingo, é a vez da Vitória Régia apresentar seu desfile ao público e jurados. A escola da Praça 14, bairro da Zona Sul da cidade, traz o enredo “Arte e Magia, samba e reciclagem: Na natureza nada se cria, nada se perde tudo se transforma”, também exaltando a causa ambiental.

Fechando a noite de desfiles a Dragões do Império, estreante do grupo especial, entra na avenida às 5h20, desfilando ao nascer do sol seu enredo “Babobá – Rompendo as Correntes da Escravidão”, que utiliza a árvore africana como símbolo da luta pela real libertação do povo negro.

Ordem do Desfile do Grupo Especial

1ª – Unidos do Alvorada – 20h às 21h10

2ª – Andanças de Ciganos – 21h20 às 22h30

3ª – Vila da Barra – 22h40 às 23h50

4ª – Reino Unido da Liberdade – 00h à 1h10

5ª – Mocidade Independente de Aparecida – 1h20 às 2h30

6ª – A Grande Família – 2h40 às 3h50

7ª – Vitória Régia – 4h às 5h10

8ª – Dragões do Império – 5h20 às 6h30

Deixe um comentário