Coari | Convenção de Keitton Pinheiro contou com a presença de políticos e declaração do ex-governador Amazonino Mendes

Coari | Convenção de Keitton Pinheiro contou com a presença de políticos e declaração do ex-governador Amazonino Mendes

Coari | Convenção de Keitton Pinheiro contou com a presença de políticos e declaração do ex-governador Amazonino Mendes

O sábado foi agitado em Coari por conta das convenções partidárias realizadas pelos três candidatos a prefeito da cidade. A coligação de Keitton Pinheiro (PP) lotou o Ginásio Geraldo Granjeiro e contou com apoio de 14 vereadores do município, a participação do deputado federal Silas Câmara (Republicanos), dos deputados estaduais Dermilson Chagas (Podemos) e Dra. Mayara (PP), do ex-prefeito Adail Filho e uma declaração do ex-governador Amazonino Mendes.

Anúncios

Keitton, que é ex-vice-prefeito, vai fazer dobradinha com Edilson Lima (Republicanos), que será seu vice. A campanha ganha ainda mais força com a participação do tio Adail Pinheiro, que durante seu discurso na convenção, foi idolatrado pela população.

Adail alertou que existem aproveitadores que não deram certo em sua terra e que ficam pulando de uma cidade para outra em busca de enganar as pessoas.

“São forasteiros tentando a sorte, procurando alguém para enganar. No entanto eles pararam na cidade errada”, afirmou.

Adail “pai” ainda deixou claro sua influência: “eu pedi a Deus, se tiver outra (eleição) vai ser com o papai!” e ainda: “(Eles) não vão enfrentar só o nosso grupo, a deputada Mayara e o Adail Filho. Vão enfrentar esse grupo todo, liderado pelo papai!”, reforçou. “Se não temos medo de enfrentar os gigantes, imagine se teremos medo de enfrentar essas baratas tontas que não sabem a diferença entre abacaba e abacate”, ironizou.

A aparição de Amazonino Mendes também foi bastante comentada. Em vídeo, o ex-governador do Amazonas que possui diversas obras na cidade em conjunto com Adail, pediu a confirmação de Keitton para prefeito. “Eu o conheço, é meu amigo e será um grande prefeito”, concluiu.

Em sua fala, Silas Câmara lembrou como foi uma tragédia para Coari quando a oposição assumiu.

“Os servidores só voltaram a receber em dias quando o grupo de Adail Filho retornou ao poder. Vocês sabem o prejuízo que deu. Até hoje existe uma necessidade de reorganização de governo e de administração para Coari recuperar o tempo perdido”, lembrou.

Já Mayara Pinheiro, afirmou que a oposição tem em sua alma o vírus do retrocesso e que depois da primeira dose em 2020, agora é necessário aplicar a segunda dose, se referindo à nova eleição.

“Essa será a resposta do nosso povo a esses aproveitadores. Será a segunda dose da ‘AstraONZE’ “, disse fazendo um jogo de palavras entre a vacina da Astrazeneca e o onze, número do Progressistas a que pertence Keitton.

Deixe um comentário