Conselheiro-corregedor do TCE-AM apresenta inovações tecnológicas para Tribunais de Contas do país

Conselheiro-corregedor do TCE-AM apresenta inovações tecnológicas para Tribunais de Contas do país

Conselheiro-corregedor do TCE-AM apresenta inovações tecnológicas para Tribunais de Contas do país

Em evento realizado na manhã desta quarta-feira (22), o conselheiro-corregedor do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), Júlio Pinheiro, apresentou as inovações nas atividades de correição do TCE-AM relativas aos meios digitais. A apresentação aconteceu durante a Reunião das Corregedorias, que ocorreu virtualmente e contou com a presença de dez corregedores dos demais Tribunais de Contas do país. 

A reunião foi transmitida, ao vivo, pelo canal da Escola de Contas do TCE de Sergipe, e pode ser visualizada, na íntegra, pelo link https://www.youtube.com/watch?v=AL-btzEIoAs.
Na apresentação das atividades de correição do TCE-AM em 2021, o conselheiro-corregedor Júlio Pinheiro mostrou as inovações tecnológicas encontradas pela corregedoria da Corte de Contas em um cenário diferente do habitual. O estudo e a apresentação das atividades realizadas colaboram com uma avaliação própria da eficiência dos procedimentos adotados, com foco nos prazos processuais, legislações e diretrizes, informações processuais, estoque e atividades gerais.
 “Pelo resultado que vem acontecendo, que estamos tendo nessa correição, podemos ver melhora. A ideia da Corregedoria é a construção de uma melhoria em nossos trabalhos, de um modelo processual melhor, para que tenhamos, efetivamente, um Tribunal de Contas melhor”, destacou o conselheiro Júlio Pinheiro, frisando a melhoria alcançada nos resultados.

Anúncios

Correição digital

O levantamento de dados com os setores da Corte de Contas ligados à análise da Corregedoria era realizado presencialmente. Com o cenário pandêmico, a Corregedoria iniciou um trabalho de adaptação para a transformação da correição para o formato 100% digital.

Este processo de adaptação virtual inclui a estratégia do uso intensivo de videoconferências; levantamento de dados em formulários digitais; critérios de classificação para seleções automáticas de processos; utilização do Sistema de Processo Eletrônico (Spede), e painéis de informações onlines.

Com base nos estudos apresentados, a Correição do TCE-AM segue um fluxo de fases que contribuem para uma maior eficiência dos resultados finais. O fluxo é baseado no planejamento, com os planos, cronogramas e análises prévias; seguindo da execução, que prevê uma coleta de dados e reuniões de alinhamento; relatórios, com análise dos dados obtidos, finalizando com o monitoramento, onde são verificadas as implementações alcançadas e avaliada a eficiência destes objetos.

O auditor do TCE-AM, Alber Furtado, e a chefe de gabinete da Corregedoria do Tribunal de Contas do Amazonas, Ana Isabela Brito, também participaram do evento.

A Reunião de Corregedorias contou com a participação do presidente do TCE/SE, conselheiro Luiz Augusto Ribeiro, e dos corregedores do TCE/SE, Carlos Pinna de Assis; do TCE/BA, Fernando Vita; do TCE/PE, Teresa Duere; do TCE/TO, Severiano Aguiar; do TCE/CE, Patrícia Saboia; do TCE/AL, Maria Cleide; do TCE/AC, Valmir Ribeiro; do TCE/BA, Inaldo Paixão, e do TCE/PI, Kennedy Barros.

Deixe um comentário