You are currently viewing David Almeida lança curso de uso de armamento letal para primeira turma de guardas municipais

David Almeida lança curso de uso de armamento letal para primeira turma de guardas municipais

David Almeida lança curso de uso de armamento letal para primeira turma de guardas municipais

Com o objetivo de aprimorar as habilidades e conhecimentos técnicos dos servidores que atuam como guardas municipais, o prefeito de Manaus, David Almeida, realizou nesta segunda-feira, (18), a abertura do “Curso de Capacitação de Guardas Municipais para o uso de Armamento Letal”, para garantir pronta-resposta à população, com foco na segurança dos cidadãos e manutenção da ordem pública.

Anúncios

Segundo o chefe do Executivo Municipal, a capacitação faz parte do convênio entre a Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg) e a Polícia Federal, que valida a formação de guardas municipais armados ao longo de dez anos. A solenidade aconteceu no auditório da Casa Militar, localizado no bairro Compensa 1, zona Oeste da capital.

“Manaus dá um salto importante com relação à segurança pública. Nós temos 73 anos de Guarda Municipal e, agora, em convênio da Secretaria Municipal de Segurança com a Polícia Federal, nós iniciamos esse treinamento. Nós temos os armamentos, os equipamentos de segurança, é mais um grande passo que se dá para que Manaus possa ter essa uma Guarda Municipal armada, treinada e que possa resguardar a segurança da nossa população”, afirmou o prefeito David Almeida.

O prefeito reforça ainda que, em breve, ampliará a presença da Guarda Municipal nos terminais de Manaus. “Nós vamos avançar, também teremos viaturas em terminais, em grandes locais de concentração de pessoas, e principalmente nos pontos estudados pela nossa equipe de inteligência, para onde requeira a presença da Guarda Municipal, nós estaremos como força auxiliar ajudando na segurança da cidade de Manaus”, destacou Almeida.

Capacitação

Promovida pela Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), em parceria com a Semseg, Polícia Federal e Exército Brasileiro, a capacitação é uma das etapas da preparação dos guardas municipais para o correto manuseio e uso de armamento letal, a partir da necessidade de atender às demandas na área de segurança pública na cidade. Todos os participantes foram classificados no Processo de Seleção Interna da Guarda Municipal de Manaus.

“Essa fase que nós estamos iniciando agora é a etapa final do processo, que é a fase do treinamento prático, eles já foram submetidos ao processo seletivo, já apresentaram os exames médicos, e tudo o que era necessário pela legislação. Nós fixamos o acordo de cooperação técnica com a Polícia Federal, que é um acordo de dez anos, e a partir disso, iremos iniciar o treinamento, os instrutores são os melhores, e nós vamos fazer um acompanhamento muito próximo, isso é um avanço na segurança da nossa cidade”, completou o secretário da Semseg, Sérgio Fontes.

O curso será dividido em três etapas, todas com aulas presenciais. A primeira turma, de 40 alunos, terá 60 horas de duração, e as aulas serão no período de 18 de abril a 3 de maio. O conteúdo será teórico, sobre armamento, como os aspectos legais do uso da arma de fogo e a legislação aplicada. Também serão abordados temas como os fundamentos do tiro: base, empunhadura, visada, acionamento do gatilho e respiração; a manutenção dos armamentos; as técnicas de tiro defensivo, entre elas tiro em baixa luminosidade, embarcado, em deslocamento e em ambientes confinados.

A segunda turma, com 39 alunos, será no período de 4 a 17 de maio. O conteúdo e carga horária serão o mesmo da primeira turma.

“É um momento histórico, a Semad providenciou todos os procedimentos administrativos para a instrução para a preparação teórica e a preparação prática dos guardas municipais, para integrar esse avanço significativo na segurança da nossa cidade”, enfatizou o titular da Semad, Ebenezer Bezerra.

Aula prática

No dia 18 de maio, terão início as aulas práticas da capacitação, reunindo os 79 participantes das duas turmas das aulas teóricas. O local de realização será o estande de tiro do Exército Brasileiro, no Aquartelamento da 12º Grupamento de Artilharia Antiaérea de Selva e também na sala de aula da Espi.

Nessa etapa, os alunos estudarão, entre outros temas, a manutenção dos armamentos; o atendimento pré-hospitalar tático no caso de ferimentos por arma de fogo; o manejo e condução das armas de fogo; a identificação de meios de proteção e tomada de posições; os fundamentos do tiro, como base, empunhadura, visada, acionamento do gatilho e respiração; a identificação e saneamento de panes e/ou incidentes de tiro e a prática de tiro em estande com pistola. Ao final, será feita a avaliação prática de tiro para comprovação de capacidade técnica com a principal arma de porte a ser adotada pela Guarda Municipal.

Os instrutores foram contratados pela Espi, para a realização do treinamento, segundo as diretrizes da Polícia Federal, parceira na organização da capacitação, fazendo a verificação de todo o conteúdo e da qualificação dos profissionais.

“Esses 79 guardas estão indo para nossa sala de aula da Espi, é a primeira turma desta Guarda que será treinada, logo após a aula teórica, que será abordado tudo o que preconiza a questão do armamento, do manuseamento, das questões básicas de defesa e da legislação, eles terão as aulas práticas com a familiarização dos armamentos”, finalizou o diretor-geral da Espi, Júnior Nunes.

Deixe um comentário