Você está visualizando atualmente David Almeida presta contas da gestão em 2023 e anuncia grande pacote de obras e entregas em 2024

David Almeida presta contas da gestão em 2023 e anuncia grande pacote de obras e entregas em 2024

David Almeida presta contas da gestão em 2023 e anuncia grande pacote de obras e entregas em 2024

No primeiro dia útil de 2024, o prefeito de Manaus, David Almeida, prestou contas das ações e das finanças de sua gestão à frente da Prefeitura de Manaus em 2023. Apesar de desafiador, a Prefeitura terminou o ano com saldo positivo, com anúncio de um grande pacote de entregas neste ano, em todas as áreas.

Em live realizada nas redes sociais, o prefeito afirmou que já pagou R$ 2 bilhões de um total de R$ 2,6 bilhões de dívidas herdadas de gestões anteriores. Dessa forma, já ultrapassou o pagamento dos empréstimos que contraiu e que totalizam R$ 1,1 bilhão, o que proporciona capacidade financeira ao município, para realizar novos investimentos.

“Tivemos um ano com muitos desafios, com frustração de receitas e enfrentando a maior estiagem da história. Mas temos muito a comemorar. Fizemos muito em 2023, com a entrega de 334 escolas (reformadas), 62 unidades de saúde (revitalizadas), mais de 2 mil ruas recuperadas, novos complexos esportivos, quadras, campos e entrega de um grande e necessário viaduto. E muito mais faremos agora em 2024”, declarou David.

Para ele, o administrador público precisa de, ao menos, três coisas para governar: tempo, dinheiro e apoio político. “Trabalho todos os dias em busca de mais recursos e mais parcerias para a nossa cidade e a melhoria de vida da nossa população”.

Prestação de contas

Dos R$ 2,024 bilhões pagos em dívidas herdadas, a atual gestão pagou R$ 507 milhões em 2021; R$ 681 milhões em 2022, e R$ 836 milhões em 2023. Amortizações anuais muito acima do que vinham sendo pagos anteriormente. Em 2020, por exemplo, foram abatidos somente R$ 277 milhões. Assim, a prefeitura cumpre com seu compromisso com os órgãos credores, garantindo sua capacidade financeira e de desenvolvimento para a cidade.

Na área do transporte público, foram R$ 434 milhões para manter o sistema operando, e com investimentos em qualidade, incluindo ônibus novos, reforma de terminais e paradas de ônibus, parceria para garantir o Passe Livre Estudantil.

Já no saneamento, David Almeida citou a grande obra já iniciada, em parceria com o Governo Federal, para o desassoreamento dos igarapés do São Raimundo, Tarumã e Educandos, com valor inicial de R$ 30 milhões. Mas também a grande despesa do município, no valor de R$ 400 milhões em 2023, para a coleta de lixo em toda a cidade, sobretudo, de dentro dos igarapés.

Para reduzir em pelo menos 10% essa despesa com a limpeza urbana, o prefeito informou que iniciará uma grande campanha de coleta seletiva, envolvendo toda a população. “Conscientizando as pessoas para a destinação correta dos resíduos sólidos, economizaremos recursos que podem até servir para a construção, por exemplo, de um novo viaduto”.

E na área da educação, David Almeida explicou, em números, a redução dos recursos do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). Em 2021, a prefeitura recebeu R$ 1.167 bilhão; em 2022, 1.383 bilhão, e no ano passado, R$ 1.366 bilhão.

“Mesmo com os recursos reduzindo, garantimos o pagamento da data-base, dos ajustes e progressões dos educadores, e pagamos por dois anos o abono. Este ano, infelizmente, não tivemos capacidade financeira para cumprir com o abono, mas as perspectivas apontam que neste ano conseguiremos dar mais apoio aos nossos profissionais, com o ajuste no salário da educação e com mais recursos do FPM (Fundo de Participação dos Municípios)”, esclareceu o prefeito.

Entregas em 2024

Com perspectivas positivas para este ano que se inicia, David Almeida anunciou muitas entregas nos próximos meses, como a inauguração do viaduto Rei Pelé, na Bola do Produtor, zona Leste; e ordem de serviço para a construção de mais um viaduto próximo à Bola do Coroado e o início da avenida das Torres.

Além disso, ele anunciou a construção de 5.680 apartamentos populares, 4 mil casas reformadas, somados aos 500 apartamentos já anunciados pelo programa Minha Casa, Minha Vida Entidades, gerando mais de 55 mil postos de trabalho na construção civil. Esses investimentos fazem parte do maior programa habitacional da história de Manaus.

Mais obras

As novas obras não param por aí. Cerca de R$ 589 milhões serão investidos na contenção de grandes encostas, as chamadas voçorocas, obras que salvam vidas, se realizadas preventivamente; mais 2 mil novas ruas serão recapeadas pelo programa Asfalta Manaus; mais feiras e mercados reformados, 24 UBSs, 40 escolas e mais quatro novas creches, como também a entrega de nove restaurantes comunitários e reforma de mais Cras e Creas.

A atual gestão ainda entregará este ano três novas galerias (para microempreendedores), dois terminais de ônibus reformados, entrega do Terminal 7 (Santa Etelvina, zona Norte), 12 praças molhadas e de 120 a 150 novos ônibus do transporte coletivo.

Com data para o dia 17 de fevereiro, serão entregues as obras do Largo de São Vicente, Casarão Thiago de Mello e Mirante Lúcia Almeida, no Centro Histórico da cidade. Já o Píer Turístico, também nessa área central, será inaugurado entre os meses de abril e maio.

E neste ano, ainda será entregue o Parque Encontro das Águas – Rosa Almeida, no bairro Colônia Antônio Aleixo, zona Leste. Um projeto do renomado arquiteto Oscar Niemeyer, de onde se contemplará o maior cartão postal da cidade, o Encontro das Águas.

Deixe um comentário