Debate sobre mineração na Amazônia reacende o uso de riquezas da região 

Debate sobre mineração na Amazônia reacende o uso de riquezas da região 

Debate sobre mineração na Amazônia reacende o uso de riquezas da região

A regulação da mineração na Amazônia voltou a ser discutida nesta semana, em Brasília, quando o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, argumentou que a Amazônia possui reservas gigantescas de metais preciosos, enquanto que os povos amazônicos vivem na extrema pobreza.

A declaração do ministro teve apoio do deputado federal do Amazonas, Delegado Pablo, que é presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Amazônia no Congresso Nacional.

Pablo também defende o uso racional das riquezas minerais da Amazônia, por isso é a favor da regulação da mineração na região. “O Congresso Nacional e a sociedade precisam discutir o uso racional das nossas reservas”, afirmou Delegado Pablo. “A Amazônia precisa ser valorizada, sem esquecer da preservação”, acrescentou.

O deputado lembra que os povos que habitam a região sofrem com o baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), semelhante ao dos países mais pobres do mundo. “Os povos da Amazônia vivem na pobreza há centenas de anos, porém estão sentados nas terras mais ricas do mundo. São cidadãos brasileiros que merecem dignidade”, defende o deputado.

Pablo ressalta que enquanto o Brasil não discute com seriedade a regulação da mineração na Amazônia, várias ONGs aproveitam as brechas na legislação brasileira para extrair ouro e diamante em áreas protegidas.

“Enquanto fingimos que nossas reservas estão preservadas, os bandidos levam as riquezas para outros países. Todo mundo ganha, menos o Brasil e os povos da Amazônia”, criticou o deputado.

Delegado Pablo se comprometeu em mobilizar a Frente Parlamentar em Defesa da Amazônia para reacender as discussões sobre a regulação da mineração. “Precisamos discutir o assunto. O Congresso precisa saber o que acontece na Amazônia. Nosso povo tem pressa na solução desse problema”, concluiu o deputado.

Deixe um comentário