You are currently viewing Decreto de IPI será ajustado até final do mês, garante Wilson Lima, após reunião com Bolsonaro

Decreto de IPI será ajustado até final do mês, garante Wilson Lima, após reunião com Bolsonaro

Decreto de IPI será ajustado até final do mês, garante Wilson Lima, após reunião com Bolsonaro

Anúncios

O governador Wilson Lima (PSC), garantiu nesta quarta-feira, (9), após reunião com o presidente Bolsonaro (PL), e o Ministério da Economia (ME), que o decreto de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), será reajustado e republicado até o final do mês, para que produtos que possuem seu Processo Produtivo Básico (PPB), não sofra redução de IPI, gerando competitividade para as empresas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM), e preservando cerca de 400 mil empregos dos amazonenses.

“As pessoas responsáveis pelo reajuste já estão trabalhando nisso. Os técnicos da Secretaria de Fazenda (Sefaz), do Ministério da Economia e da Industria, para que ainda esse mês o decreto seja publicado com essa alteração. A assinatura desse decreto acontecerá lá em Manaus, o presidente já se comprometeu, e essa assinatura deve ser feita ainda esse mês”, garantiu o governador.

O encontro restrito aconteceu no Palácio do Planalto, e contou com a presença do ministro da Economia, Paulo Guedes, o presidente do PL no Amazonas, Alfredo Nascimento, e o pré-candidato ao Senado, Alfredo Menezes (Sem partido), que também é o ex-superintendente da Superintendência da Zona Franca de Manaus (ZFM) e o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Antônio Silva.

A promessa foi feita no dia em que o decreto que prejudica frontalmente a competitividade do modelo ZFM completa 13 dias. Nesta terça-feira (9), a bancada parlamentar do Amazonas no Congresso Nacional protocolou o terceiro Projeto de Decreto Legislativo (PDL) para tentar derrubar o decreto presidencial.

O movimento de teor mais confrontativo foi uma resposta política da bancada para a falta de um canal de discussão entre os parlamentares e o presidente. O decreto de redução do IPI foi publicado no último dia 25 de fevereiro, numa sexta-feira de carnaval.

No dia seguinte, em uma entrevista à Rádio Jovem Pan, Bolsonaro confrontou os senadores Omar Aziz (PSD) e o senador Eduardo Braga (MDB) para um encontro “educado” para falar sobre o decreto. Na mesma entrevista, o presidente chamou os dois senadores de “medíocres”.

Omar reagiu e disse que topa conversar com Bolsonaro na hora e no lugar que o presidente quiser. Aziz chegou a anunciar que pediu para a assessoria dele entrar em contato com a assessoria presidencial para marcar uma data para o encontro

Deixe um comentário