Defesa de Alejandro Valeiko entra com pedido de liberdade

Defesa de Alejandro Valeiko entra com pedido de liberdade

Transferido para o 19 Distrito Integrado de Polícia (DIP) para cumprir prisão temporária desde a última terça-feira (8). A defesa de Alejandro Molina Valeiko, suspeito de assassinar Flávio Rodrigues, entrou com um pedido relaxamento de prisão, para que o réu responda em liberdade.

Anúncios

O pedido de relaxamento da prisão temporária, previsto na Constituição Federal, se caracteriza quando há prisão ilegal. O que se acredita é que a defesa tenha entrado com o pedido baseado no depoimento do ex-Sargento Mayc Vinícios, que confessou a autoria do homicídio durante depoimento na sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (D.E.H.S), na última terça-feira (8).

De acordo com o delegado Paulo Martins, responsável pelo caso, há uma divergência entre os depoimentos dados por Mayc e Magno, porque segundo Magno, o responsável pela morte do engenheiro não teria sido o ex-Sargento. O que contesta a versão dada por Mayc de que teria sido ele o responsável pelo homicídio de Flávio.

Segundo informações de fontes sigilosas dadas ao Direto ao Ponto, foi confirmado que a defesa de Alejandro Molina Valeiko entrou com pedido de liberdade no processo principal.

A equipe do Direto ao Ponto tentou contato com os advogados de defesa, mas até o fechamento desta matéria não obtivemos retorno.

Deixe um comentário