Delegado Pablo explica nas redes sociais o prejuízo de R$ 2 bilhões causado pelo ex-presidente Lula

Delegado Pablo explica nas redes sociais o prejuízo de R$ 2 bilhões causado pelo ex-presidente Lula

Delegado Pablo explica nas redes sociais o prejuízo de R$ 2 bilhões causado pelo ex-presidente Lula

A decisão da Justiça em anular 19 processos e ações penais envolvendo o ex-presidente Lula deve gerar prejuízo de R$ 2 bilhões aos cofres públicos do Brasil. O cálculo leva em conta o dinheiro desviado por meio da corrupção, que não será mais devolvido ao povo brasileiro.

Anúncios

A anulação dos processos envolvendo o ex-presidente, bem como o prejuízo aos cofres públicos, foram destacados pelo deputado federal do Amazonas, Delegado Pablo (PSL).

O parlamentar usou as redes sociais para alertar a sociedade sobre o prejuízo que será pago pela população. “A anulação dos processos contra o ex-presidente Lula beneficiará outros réus, condenados e julgados, que terão seus processos anulados também”, explica Pablo.

Com a medida, o dinheiro que seria recuperado, continuará nas mãos de corruptos condenados pela Justiça. “Quem pagará o prejuízo é a população, que não terão os recursos devolvidos”, alertou o deputado.

A anulação dos processos e ações penais contra o ex-presidente aconteceu após o Supremo Tribunal Federal (STF) considerar que houve parcialidade do ex-juiz Sergio Moro parcial na condenação de Lula.

A decisão favoreceu outros réus condenados por corrupção, que agora terão seus processos revisados em todas as instâncias. A medida abre espaço para a anulação de acordos de colaboração, o que geraria um sério prejuízo ao País.

Nas redes sociais do Delegado Pablo, a postagem alcançou mais 400 curtidas e 60 comentários em poucos minutos. “Isso é uma vergonha! Um absurdo”, disse o seguidor Carmelo Ribeira. “Só no Brasil insistem em ter ladrão de estimação”, escreveu Duke Feitoza. “Tenho nojo só de olhar pra isso”, criticou a internauta Alcinea Ferreira.

Veja a postagem e os comentários acessando o Instagram e Facebook do deputado Pablo, nos endereços www.instagram.com/delegadopablo/ e www.facebook.com/DelegadoPablo

Deixe um comentário