Delegados do Quinteto Fantástico têm recurso barrado no STJ

Delegados do Quinteto Fantástico têm recurso barrado no STJ

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) barrou o último recurso que cinco delegados da Polícia Civil do Amazonas moviam para tentar reverter o decreto de exoneração assinado pelo então governador do Estado, Omar Aziz (PSD), em 2012. Conforme o decreto, o grupo, conhecido como “Quinteto Fantástico”, não deveria ter assumido a função pública.

Fazem parte do grupo os delegados Herbert Lopes, atual Secretário de Inteligência do Governo do Estado; Laura Câmara; Caio César Nunes, filho do ex-delegado-geral da Polícia Civil Mário César; Indra Celani Leal, ex-assessora de Mário César; e Thomaz Vasconcellos, ex-secretário de Inteligência.

Deixe um comentário