Você está visualizando atualmente Denúncia mostra alimentos estragados sendo oferecidos a pacientes em Hospital de Parintins

Denúncia mostra alimentos estragados sendo oferecidos a pacientes em Hospital de Parintins

Denúncia mostra alimentos estragados sendo oferecidos a pacientes em Hospital de Parintins

Alimentos impróprios são distribuídos para consumo a pacientes do Hospital Regional de Parintins, Jofre Cohen. É o que revela vídeos divulgados em redes sociais e que foram registradas por uma mulher não identificada, em dezembro de 2023, que comenta os aspectos vencidos de carnes, peixes e verduras que chegaram ao hospital. A unidade hospitalar é administrada pela Prefeitura de Parintins e recebeu, em 2024, mais de R$ 15 milhões de recursos de emendas parlamentares, além de outras verbas obrigatórias para manter o funcionamento da unidade.

Em um dos vídeos divulgados, a mulher filma o recebimento e o armazenamento da alimentação, que apresentava mau cheiro e condições impróprias para o consumo humano, segundo o relato. “Olha as condições desse pirarucu, pirarucu do jantar, está com um cheiro insuportável“, relatou ela ao denunciar a situação.

Além das proteínas, as verduras também aparecem em outros.registros com aspectos de vencidas e em más condições. “Só pra ficar registrado aqui a qualidade da comida de hoje, só tem osso, pouca verdura“, declarou a denunciante.

Segundo uma acompanhante de paciente que procurou atendimento na unidade, que preferiu não se identificar, e afirmou que as refeições servidas aos pacientes e acompanhantes no hospital de Parintins eram oferecidas frias ou com mau gosto. Ainda segundo ela, a unidade também deixava de fornecer alimentação.

Quando meu pai ficou internado no Jofre eles serviam comida fria e com o gosto ruim, muitas das vezes não tinha refeição para os acompanhantes, pois eles falavam que o que tinha no hospital daria pra servir somente aos pacientes“, declarou.

Recursos à unidade

A unidade é administrada pelo município de Parintins, que recebe recursos próprios desde 1999, que garante a responsabilidade sobre a gestão integral dos serviços de saúde ao âmbito municipal. Os repasses são feitos diretamente ao Fundo Municipal de Saúde. Em 2023, a Secretaria de Estado da Saúde (SES-AM) repassou cerca de R$ 17 milhões ao município para aplicação na unidade hospitalar.

Em 2024, cerca de R$ 15 milhões foram destinados ao município via emendas parlamentares. A maioria dos recursos foi destinada pela deputada estadual Mayra Dias (Podemos), esposa do atual prefeito do município, Frank Bi Garcia (PSD).

Fonte: Revista Cenarium

Deixe um comentário