Deputado Pablo alerta que crise na saúde do Amazonas pode chegar a outros Estados

Deputado Pablo alerta que crise na saúde do Amazonas pode chegar a outros Estados

Deputado Pablo alerta que crise na saúde do Amazonas pode chegar a outros Estados

A crise do oxigênio no Amazonas e a superlotação de hospitais públicos por causa da segunda onda do coronavírus podem acontecer em outros Estados, que devem estar preparados para salvar vidas.

Anúncios

O alerta foi dado pelo deputado federal do Amazonas, Delegado Pablo, durante videoconferência promovida pela Comissão de Combate ao Covid-19 da Câmara dos Deputados.

Participaram da reunião vários senadores, governadores, secretários de saúde e deputados federais.

Pablo lembra que o primeiro pico de contaminações no Amazonas aconteceu entre os meses de abril e maio de 2020, e que depois o aumento de casos se espalhou para outras regiões.

“Estamos vendo a história acontecer de novo. Se os Estados não se prepararem, teremos uma segunda onda varrendo o País, como acontece em Manaus”, comparou o deputado.

O deputado aproveitou a reunião para orientar as autoridades de outros Estados a ficarem preparados e, se possível, adotarem medidas para conter a disseminação do vírus entre a população.

“Manaus é como uma pedra que se joga em uma lagoa e espalha ondas por todos os lados. O primeiro pico da onda aconteceu no Amazonas, na cidade de Manaus, e depois se alastrou pelo Brasil. Esta situação de agora também pode se repetir em outros Estados brasileiros”, avisou o deputado.

Deixe um comentário