You are currently viewing Dia Internacional da Mulher | Políticos do Amazonas homenageiam as mulheres

Dia Internacional da Mulher | Políticos do Amazonas homenageiam as mulheres

Dia Internacional da Mulher | Políticos do Amazonas homenageiam as mulheres

Comemorado nesta terça-feira (8), o Dia Internacional da Mulher foi oficializado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1975 como um marco da luta feminina pela igualdade de direitos ao longo dos anos. A data também serve como protesto contra o machismo e a violência que ainda assolam a vida das mulheres ao redor do mundo.

Anúncios

Os políticos do Amazonas, aproveitaram para parabenizar as mulheres e lembrar de suas lutas por espaço na sociedade e no poder.

O governador Wilson Lima (PSC) afirmou, em publicação nas redes sociais, que as mulheres merecem mais que homenagens, respeito, cuidado e valorização.

“Hoje é Dia da Mulher e muito mais que homenagens, elas merecem respeito, cuidado e valorização. Em nosso governo, temos muitas mulheres à frente de secretarias importantes, em pastas que nunca haviam sido comandadas por mulheres. Esse é o nosso jeito de lembrar delas todos os dias. Valorizando, respeitando e fazendo um Governo com a força e o trabalho das mulheres. Todo meu respeito e admiração às mulheres do nosso estado”, disse Wilson.

O prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), aproveitou a data para enaltecer três gerações femininas de sua família e para dizer que as mulheres são únicas, guerreiras e encantadoras.

“Neste grande dia eu homenageio todas vocês mulheres, guerreiras, únicas e encantadoras! Em especial, enalteço as três gerações femininas que transformam toda a minha vida: Rosa Almeida, Lúcia Melo e Fernanda Aryel, mulheres que fizeram de mim completo ao experimentar o amor em suas diferentes formas. Símbolo de imensuráveis virtudes, suas vidas movem o mundo! Feliz dia das mulheres!”, escreveu o prefeito.

O ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), destacou que seu partido tem um compromisso muito claro com as mulheres, não só para sua inclusão na política, mas também voltado para o seu desenvolvimento pessoal e econômico, reduzindo as desigualdades e vulnerabilidade e, consequentemente, dando a elas novas oportunidades.

“Vamos comemorar o #DiaInternacionaldaMulher, claro que vamos. Mas, principalmente, vamos trabalhar todos os dias para que elas encontrem melhores condições e o respeito aos seus direitos fundamentais”, descreveu.

Sensibilidade de ouvir as mulheres

Já o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado estadual Roberto Cidade (PV), lembrou de leis de sua autoria em favor das mulheres amazonenses e que seu mandando sempre terá a sensibilidade de ouvir as mulheres.

“Meu mandato sempre teve e terá a sensibilidade de ouvir e trabalhar em prol das demandas das mulheres que, infelizmente, por ter uma representatividade menor do que os homens na política, muitas vezes fica em segundo plano”, contou Roberto em sua rede social.

O deputado estadual, Fausto Jr. (MDB), enfatizou que as mulheres são símbolos de força, dedicação, determinação e afeto.

“Só tenho agradecer a Deus por elas, que iluminam minha trajetória e me motivam cada dia a ser melhor. Cada uma me ensina coisas novas através dos seus valores e princípios. Minha mãe, Yara, quem gerou minha vida, minha irmã, Teresa Raquel, que sempre esteve comigo, minha amada, Ádria, minha companheira, meu grande amor, que me apoia e decidiu construir a vida ao meu lado. Mulheres que me inspiram diariamente. É um privilégio dividir a vida com vocês”, destacou.

O vice-líder do governo na Câmara Federal, deputado federal, capitão Alberto Neto (Republicanos), disse que todos os dias são dias de lutas em prol das mulheres brasileiras.

“Hoje comemoramos o Dia Internacional da Mulher. Mas, como Deputado Federal, todos os dias é dia de lutar em prol das mulheres brasileiras, especialmente as que passam por casos de violência e vulnerabilidade”, falou o deputado que ainda salientou que hoje o Brasil ocupa a 5° posição no ranking mundial de feminicídio. “Nós vamos mudar essa realidade trabalhando para combater essa violência contra as mulheres”, finalizou.

Deixe um comentário