Você está visualizando atualmente Em Autazes prefeito ameaça demissão a quem não tomar vacina

Em Autazes prefeito ameaça demissão a quem não tomar vacina

Em Autazes prefeito ameaça demissão a quem não tomar vacina

O Prefeito de Autazes, Andreson Cavalcante, quer obrigar funcionários a tomarem vacina contra a Covid-19, ao baixar o decreto n° 49/2021/ PMA-GP. A determinação publicada nesta segunda-feira, 19, torna obrigatória a apresentação de comprovante de vacinação para acesso ao setor de trabalho.

“Decreto N° 49/2021/PMA-GP, TORNAR OBRIGATÓRIA, por parte dos servidores municipais, a apresentação do comprovante de Vacinação contra a Covid-19 para acesso ao seu setor de trabalho, em todas as repartições integrantes da administração pública municipal”, diz trecho do decreto publicado pela prefeitura de Autazes.

Em Autazes prefeito determina: ‘Ou toma vacina ou é demitido’

O Prefeito de Autazes, Andreson Cavalcante, quer obrigar funcionários a tomarem vacina contra a Covid-19, ao baixar o decreto n° 49/2021/ PMA-GP. A determinação publicada nesta segunda-feira, 19, torna obrigatória a apresentação de comprovante de vacinação para acesso ao setor de trabalho.

“Decreto N° 49/2021/PMA-GP, TORNAR OBRIGATÓRIA, por parte dos servidores municipais, a apresentação do comprovante de Vacinação contra a Covid-19 para acesso ao seu setor de trabalho, em todas as repartições integrantes da administração pública municipal”, diz trecho do decreto publicado pela prefeitura de Autazes.

Obrigatoriedade

No ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF), tornou por 10 votos a 1, obrigatória a vacinação, com a ressalva que não seja forçada.

Segundo os ministros, quem não tomar a vacina pode sofrer algumas sanções, conforme previsão em lei.

Deixe um comentário