Empresário Nilton Lins Jr. preso na Operação Sangria vai responder por tentativa de homicídio

Empresário Nilton Lins Jr. preso na Operação Sangria vai responder por tentativa de homicídio

Empresário Nilton Lins Jr. preso na Operação Sangria vai responder por tentativa de homicídio

O empresário Nilton Lins Jr. não conseguiu se abrigar no Consulado da Suécia, como pretendia, para evitar a prisão na quarta fase da Operação Sangria, realizada pela Polícia Federal (PF) nesta quarta-feira (2). Ele foi alcançado pelos agentes da PF ao tentar fugir de sua residência, situada no Parque das Laranjeiras, e vai responder também por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo, já que efetuou disparos no momento em que os policiais chegaram ao imóvel.

Anúncios

A versão divulgada por alguns amigos do empresário, de que ele imaginou que se tratasse de um assalto, foi desmentida por uma fonte do blog na PF. Lins Jr. tem circuito interno de imagens em sua residência e sabia que se tratava de veículos e agentes da Polícia Federal que estavam à sua porta.

O empresário divulgou a seguinte nota:

“Sobre a operação e o cumprimento de mandados judiciais realizados, na manhã desta quarta-feira (2), em Manaus, os advogados do empresário Nilton Lins Júnior vêm a público informar:

· Por conta de um assalto sofrido anteriormente em sua residência, o empresário Nilton Lins Júnior pensou se tratar de uma nova ocorrência semelhante e disparou dois tiros de alerta dentro de casa. Não houve feridos e a situação foi prontamente esclarecida diante das autoridades presentes;

· O empresário não se dirigiu a nenhum local e permaneceu em sua casa durante toda a manhã acompanhando o desdobramento dos fatos;

· Desde sempre, o Grupo Nilton Lins segue firme na disposição em colaborar para o esclarecimento dos fatos perante os órgãos e entidades competentes.”

Fonte: Blog Hiel Levy

Deixe um comentário