Você está visualizando atualmente Festival Folclórico do Amazonas atrai mais de 100 mil pessoas em 15 dias de cultura e tradição

Festival Folclórico do Amazonas atrai mais de 100 mil pessoas em 15 dias de cultura e tradição

Festival Folclórico do Amazonas atrai mais de 100 mil pessoas em 15 dias de cultura e tradição

Em 15 dias de apresentações tradicionais, o 66º Festival Folclórico do Amazonas, realizado pela Prefeitura de Manaus, atraiu um público de 100.387 mil pessoas, de 8 de junho até o sábado (22), conforme dados da organizadora do evento, a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult). Neste domingo, 23/6, o festival encerra com a expectativa do Centro Cultural Povos da Amazônia (CCPA) lotado novamente.

De acordo com o diretor-presidente da Manauscult, Jender Lobato, a edição de 2024 do 66° Festival Folclórico do Amazonas superou as expectativas em termos de público e geração de emprego e renda.

“O Festival Folclórico do Amazonas destacou a diversidade e a riqueza da cultura amazônica. Este evento é o  epicentro de talentos e tradições que reforçam nossa identidade cultural. Além disso, o festival movimentou, significativamente, a economia solidária nos bairros, gerando emprego e renda para todos os participantes. Desde costureiras que confeccionam os trajes, passando pelos dançarinos, até os empreendedores que trabalham na praça de alimentação com artesanato e espaços kids, todos se beneficiaram”, explicou Lobato.

No sábado, a bola da Suframa foi palco de espetáculos fascinantes, onde diversos grupos de dança trouxeram ao público performances vibrantes e cheias de energia. As apresentações da noite iniciaram às 19h, com a Ciranda São Sebastião, que encantou a todos com sua coreografia sincronizada. Seguiram-se os Cangaceiros de Lampião, Jai Oh, Descendentes de Lampião, Ciranda Águias de Ouro, e Cabras do capitão Rufino, cada grupo trazendo sua própria interpretação das tradições folclóricas.

Gastronomia e Artesanato

O festival também gerou oportunidades de negócio para quase 60 empreendedores; entre barracas, carrinhos, bancas e um espaço kids, oferecendo uma variedade de delícias gastronômicas e peças de artesanato.

Arthur Costa, de 18 anos, proprietário da barraca Manaos Burguer, destacou a oportunidade de estar no evento. “Participar do Festival Folclórico do Amazonas foi uma experiência incrível. Em duas semanas de festival, consegui um retorno financeiro líquido de R$ 15 mil, o que é um grande incentivo para um novo microempreendedor como eu”, afirmou o jovem.

Greyce Anne Carneiro, proprietária da barraca Na Chapa GD, que participa do festival desde 2019, contabilizou os ganhos também.  “Cada edição do festival é uma nova oportunidade de crescimento. Este ano, meu retorno financeiro líquido foi de R$ 22 mil. A Manauscult proporciona um espaço valioso para nós, empreendedores”, destacou.

A nutricionista Gleyca Nascimento, de 33 anos, proprietária do carrinho Açaí Manaus – A energia que vem da fruta, também comemorou as vendas durante o festival. “Nossa família tem uma longa história com a venda de açaí. Meus pais, José Lima e Eliana do Nascimento, pagaram minha faculdade vendendo açaí. Este ano, com um carrinho projetado pelo meu pai, que também é metalúrgico, tivemos um retorno financeiro de R$ 17 mil em 15 dias de evento”, disse.

Nildes de Assis, de 64 anos, dona da banca de artesanato Nildes Artes, disse que participar do Festival Folclórico do Amazonas é sempre gratificante. Há quatro anos, ela vende panos de prato, pesos de porta e acessórios no evento, na bola da Suframa. “É um prazer compartilhar nosso artesanato com um público tão diversificado”, relatou a artesã.

Última noite

As apresentações do 66º Festival Folclórico do Amazonas se encerram neste domingo, 23/6. A programação inicia às 19h, prometendo atrair um grande público para prestigiar apresentações da cultura folclórica da região.

Deixe um comentário