You are currently viewing Governador vai a Parintins para ajudar vítimas da chuva

Governador vai a Parintins para ajudar vítimas da chuva

Governador vai a Parintins para ajudar vítimas da chuva

Anúncios

O governador Wilson Lima (União Brasil) acabou de pousar no município de Parintins, nesta segunda-feira, (4), para levar ajuda humanitária às 1.300 famílias atingidas pela forte chuva no domingo, (3). Wilson vai coordenar pessoalmente as ações de ajuda.

“estamos em Parintins para ver de perto os prejuízos causados pelas fortes chuvas que têm caído no município, desde sábado, e coordenar as ações de apoio às famílias atingidas”, declarou o governador acompanhado do prefeito do município, Bi Garcia.

No total, estima-se que mais de 10 bairros de Parintins foram atingidos pelas fortes chuvas, de acordo com o prefeito.

Chuva durou mais de 17 horas

A Defesa Civil do município de Parintins contabilizou 1.300 famílias que foram atingidas pela forte chuva que caiu na cidade por mais de 17 horas. Com a chuva lagos e rios transbordaram e houve deslizamento de terras.

O prefeito Bi Garcia (União Brasil) disponibilizou todas as secretarias do município para uma força-tarefa coordenada pela Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Habitação (Semasth) e Defesa Civil, com apoio do Corpo de Bombeiros e Central de Resgate, para prestar apoio às vitimas.

A Escola Municipal Charles Garcia, Centro Educacional Infantil Jaime Lobato e Estação Cidadania também estão sendo usados como apoio emergencial e como abrigos para as famílias que tiveram a casa alagada.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Adriano Aguiar, além dos locais mapeados que sofrem alagamentos, novas áreas também foram inundadas.

“Graças a Deus não houve nenhum óbito e nenhum acidente. Estamos dando todo o apoio possível junto com todas as secretarias. Algumas famílias foram removidas para essas escolas que estão servindo de base e outras famílias estão sendo visitadas pela equipe de assistência social”, disse Adriano Aguiar.

A titular da Semasth, Zeila Cardoso, conta que as famílias atingidas estão recebendo toda ajuda necessária.

“E a gente está sensibilizando a população e demais autoridades para uma campanha pois há famílias que tiveram perda total de bens como cama, roupas, calçados, tudo. Foi uma situação inusitada e só vamos descansar quando a última família for visitada”, falou Zeila Cardoso.

As doações podem ser entregues na Escola Municipal Charles Garcia, Centro Educacional Infantil Jaime Lobato, Estação Cidadania ou no prédio da Semasth.

“Vale ressaltar que a gente já recebeu muito apoio de empresários e de pessoas anônimas que estão com esse sentimento de solidariedade. Estamos arrecadando principalmente rede e colchões”, concluiu Zeila.

Uma das pessoas que teve a casa invadida pelas águas foi a Tânia dos Santos, 36, moradora da ocupação do Pascoal Alaggio. Ela é solteira e mora com seus quatro filhos. Tânia está recebendo assistência na Estação Cidadania, situado no Bairro União.

“Eu mandei suspender o assoalho e mesmo assim a água chegou. Graças a Deus não foi o suficiente pra acabar com as minhas coisas, mas acabei matando quatro cobras. Eu fiquei muito triste por todos nós da comunidade, pelos meus vizinhos que perderam tudo. Graças a Deus a equipe foi lá e fomos trazidos aqui para o abrigo”.

Deixe um comentário