Você está visualizando atualmente Governo do Amazonas assina ordem de serviço para início das obras de saneamento básico do Prosamin+
MANAUS (ARQUIVO) - PROSAMIN+ VAI CONSTRUIR 59 QUILOMETROS DE REDE DE COLETA DE ESGOTO. FOTO:TIAGO CORREA_UGPE

Governo do Amazonas assina ordem de serviço para início das obras de saneamento básico do Prosamin+

Governo do Amazonas assina ordem de serviço para início das obras de saneamento básico do Prosamin+

O Governo do Amazonas assinou a ordem de serviço para o início das obras de saneamento básico do Programa Social e Ambiental de Manaus e Interior (Prosamin+). Realizadas pela Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano (Sedurb), as obras contemplam a construção de redes de coleta de esgoto, estações elevatórias e ligações intradomiciliares na área de abrangência do programa.

De acordo com o secretário da Sedurb, Marcellus Campêlo, estão sendo investidos R$ 95 milhões em esgotamento sanitário, em Manaus. Desse valor R$ 61,1 milhões são através do Prosamin+ e R$ 35,9 milhões são fruto de cooperação técnica com a Prefeitura de Manaus, envolvendo investimentos mútuos. Inclui, também, a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), com recursos da concessionária Águas de Manaus, em terreno doado pelo Estado. “As obras de esgotamento sanitário do Prosamin+ vão representar uma grande contribuição no saneamento básico da capital, beneficiando diretamente 34 mil pessoas com coleta e tratamento de esgoto”, afirmou Campêlo.

As obras de esgotamento sanitário do Prosamin+ vão abranger, inicialmente, o bairro Nova República, com a implantação de 19,2 quilômetros de redes de coleta de esgoto e a construção de quatro estações elevatórias. “Posteriormente, iniciaremos os trabalhos na Comunidade da Sharp e entorno, com a implantação de mais 33 quilômetros de redes e três estações elevatórias” explicou a engenheira civil da UGPE, Tatiana Lachi.

O Prosamin+ vai contemplar com saneamento básico toda a área de abrangência do programa, no trecho do Igarapé do Quarenta, que se inicia nas proximidades da alça de retorno da Avenida Manaus 2000, no bairro Japiim, zona sul, até a Comunidade da Sharp, na zona leste. Cerca de 6,8 mil residências passarão a ter coleta e tratamento de esgoto, além do abastecimento de água para 1,3 mil domicílios.

Campanhas educativas

A UGPE iniciará campanhas de educação e sensibilização com foco nas obras de esgotamento sanitário do Prosamin+. Estão previstas reuniões com as lideranças locais, entrega de material informativo, atividades de sensibilização nas residências, além da produção de cartazes e carros de som informando a população sobre os benefícios da coleta e tratamento de esgoto e do cronograma de execução de obras.

Segundo a subcoordenadora Social da UGPE, Viviane Dutra, os serviços vão ocasionar interdições parciais temporárias de vias, assim como pode ocorrer mudança no transporte público. “Será cumprido um extenso cronograma de obras nesses bairros, com o objetivo final de melhorar a qualidade de vida dos moradores. Todos os serviços ocorrerão com comunicação prévia nas áreas, além de campanhas de sensibilização, ressaltando os benefícios das obras”, afirmou Viviane.

Deixe um comentário