Você está visualizando atualmente Governo do Amazonas garante R$ 794,6 mil em crédito ao setor primário

Governo do Amazonas garante R$ 794,6 mil em crédito ao setor primário

Governo do Amazonas garante R$ 794,6 mil em crédito ao setor primário

Produtores rurais do Amazonas receberam R$ 794,6 mil em crédito rural e 592 documentos indispensáveis para o exercício de atividades ligadas ao segmento. Realizadas pelo Governo do Amazonas, as entregas beneficiaram produtores rurais dos municípios de Manicoré e Apuí, na calha do rio Madeira, e em Coari, no Médio Solimões.

As atividades relacionadas ao fomento do setor e à regularização aconteceram na sexta-feira e no sábado (14 e 15). No que diz respeito ao crédito rural, o recurso beneficiou 52 produtores rurais, dos quais 45 em Coari e mais sete em Manicoré .

O Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) atuou na elaboração dos projetos de crédito, que foram aprovados pela Agência de Fomento do Estado do Amazonas, responsável pela concessão do recurso. O montante foi entregue aos produtores pelo governador Wilson Lima, pelo diretor-presidente do Idam, Vanderlei Alvino, e pelo diretor-presidente da Afeam, Marcos Vinícius Castro.

Na ocasião, o diretor-presidente do Idam ressaltou a importância dos projetos do Governo do Amazonas ao setor primário.  “Esse recurso vai possibilitar melhores condições de trabalho, elevação de produção e, também, aumento de renda ao produtor. Vale destacar que o segmento está entre as prioridades do governador Wilson Lima, o que justifica a intensificação da assistência ao trabalhador”, disse Alvino, ao acrescentar que o valor disponibilizado foi entregue aos beneficiários em forma de implementos agrícolas e pesqueiros, além de recursos para o custeio das atividades. 

Documentos em dia

Referente a regularização dos agricultores familiares e pescadores artesanais, os 592 documentos entregues em Coari, Manicoré e Apuí englobam 369 Cartões do Produtor Primário (CPP), 180 Cadastros Nacionais da Agricultura Familiar (CAF) e 43 Cadastros Ambientais Rural (CAR). Além destes, em Apuí (a 453 quilômetros da capital), 15 produtores rurais receberam Dispensas de Outorgas, documento que assegura o produtor rural o direito de utilizar recursos hídricos.

“A regularização do produtor rural é fundamental para o crescimento do setor. Somente com a documentação em dia que o trabalhador pode ter acesso ao crédito rural e outras políticas públicas, como o Programação de Aquisição de Alimentos, o PAA, entregue pelo governador nestas ações, e que irão promover o crescimento da atividade rural no nosso estado”, finalizou Alvino.

Deixe um comentário