Governo, Prefeitura e Vigilância Sanitária vão monitorar desembarque de passageiros no Aeroporto Eduardo Gomes

Governo, Prefeitura e Vigilância Sanitária vão monitorar desembarque de passageiros no Aeroporto Eduardo Gomes

Governo, Prefeitura e Vigilância Sanitária vão monitorar desembarque de passageiros no Aeroporto Eduardo Gomes

O Governo do Amazonas e a Prefeitura de Manaus iniciam, nos próximos dias, o monitoramento de passageiros que desembarcarem no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. Uma equipe composta por 11 técnicos de enfermagem, quatro farmacêuticos e quatro enfermeiros; disponibilizados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), será dividida em turnos de 12 horas, para monitoramento e triagem de passageiros que chegam a Manaus.

Anúncios

A atividade prevê testagem de passageiros a partir de coletas de amostras do tipo RT-PCR, que detectam o novo coronavírus. O esquema de revezamento garante equipes presentes no aeroporto durante 24 horas.

A estratégia foi alinhada na tarde desta quinta-feira (27), em reunião com a presença da diretora-técnica da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), Tatyana Amorim; e da titular da Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa), Shádia Fraxe; em consonância com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Nesta sexta-feira (28) será realizado um treinamento com os técnicos de enfermagem, enfermeiros e farmacêuticos que vão atuar no aeroporto. Profissionais do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) ficarão responsáveis pela capacitação relacionada à coleta das amostras; enquanto técnicos da Semsa treinarão as equipes para a abordagem e notificação de casos positivos.

“Nós temos atuado de forma permanente, garantindo a vigilância ativa de casos, e a identificação de possíveis variantes é uma das atividades importantes que deve ser intensificada em portos e aeroportos. É importante capacitar as equipes para atuação direta em áreas estratégicas como os aeroportos. Ainda essa semana vamos iniciar a coleta de amostras de passageiros em trânsito no aeroporto. Esta estratégia irá fortalecer as ações de vigilância e a identificação das possíveis variantes”, detalhou a diretora técnica da FVS-AM Tatyana Amorim.

“É de extrema importância que nós estejamos atentos a essa vigilância de novo, e a Semsa entra para colaborar junto com a FVS e Anvisa na questão da capacitação, tanto da notificação desses casos e abordagem aos cidadãos. De mãos dadas, juntos, nós vamos conseguir vencer esse vírus”, enfatizou a secretária municipal de saúde, Shádia Fraxe.

Testagens

De acordo com dados informados pela Infraero, cerca de 1.600 passageiros desembarcam por dia no aeroporto. A meta inicial é de testar pelo menos 10% desse público, diariamente. As ações de conscientização dos passageiros devem iniciar ainda a bordo das aeronaves, sendo intensificada por meio do sistema de som do aeroporto.

Quando desembarcarem, as pessoas serão conduzidas para o saguão principal, registradas ainda na parte interna, e a coleta será feita no portão 2C, já na área externa, no térreo do aeroporto. Os resultados dos testes devem ser conhecidos em até 48 horas após a realização. Os casos suspeitos e positivos deverão ser isolados em hotéis, para quarentena e/ou tratamento.

Na próxima segunda-feira (31), um novo encontro está programado, desta vez para alinhar barreiras sanitárias nos acessos fluviais da capital amazonense.

Vacinação

A vacinação dos aeroportuários contra a Covid-19 inicia nesta sexta-feira (28/05), pelos profissionais do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, conforme definição de grupos prioritários orientados pelo Ministério da Saúde.

Deixe um comentário