Você está visualizando atualmente Guarda Municipal de Manaus integra Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública

Guarda Municipal de Manaus integra Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública

Guarda Municipal de Manaus integra Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública

Prefeitura de Manaus, por meio da Guarda Municipal de Manaus (GMM), vinculada à Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg), passou a integrar, no último mês, o Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp CAD), plataforma do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

O sistema está instalado na Central de Monitoramento e Registro de Ocorrências da Guarda Municipal (CEMRO), localizada no prédio do Centro de Cooperação da Cidade (CCC), onde também fica a Central 153, tridígito de emergência da GMM. Integrando o Sinesp CAD, há o aplicativo ‘Agente de Campo’, que possibilita ao agente de ponta acessar a maioria das funcionalidades do sistema por meio de um dispositivo móvel.

“O sistema dá a possibilidade de acompanhar o agente de campo minuto a minuto. Isso tudo vai ficar registrado para qualquer consulta, o que dá respaldo e profissionalismo às nossas atividades, além de segurança jurídica também”, destacou o diretor da GMM, Claudionei Barboza.

Diferentemente da plataforma anteriormente utilizada pela Semseg, que abrangia apenas o município, o Sinesp CAD possui um banco de dados integrado com as forças de segurança pública do país e permite consultas operacionais, investigativas e estratégicas.

“Se uma pessoa tem um mandado em aberto lá em São Paulo, por exemplo, ao vir para Manaus e for abordada pela GMM, nós conseguimos fazer a consulta e visualizar se essa pessoa tem alguma restrição. Essa integração dos dados é fundamental para que o agente possa efetuar uma abordagem de forma eficiente”, explicou subchefe da CEMRO, Glauber Mendes.

Fase de teste e capacitação 

Há um mês, o Sinesp CAD passou a ser implantado na CEMRO, inicialmente de forma assistida. Dois guardas civis metropolitanos de Campo Grande, representantes do MJSP, acompanharam a fase de teste da plataforma na GMM e capacitaram os guardas municipais Failo Ribeiro e Glauber Mendes para serem Gestores de Sistema Operacional (GSOs).

A Central que gerencia o Sinesp CAD na Guarda Municipal conta, atualmente, com 12 operadores despachantes.

“Somos a primeira Guarda Municipal do Amazonas a aderir ao sistema. Quando outras Guardas do Estado forem integrar o Sinesp CAD, nós dois, os GSOs, estamos aptos a fazer essa implementação assistida com eles”, enfatizou Glauber Mendes.

Resultados

Após um mês de implementação, já é possível visualizar os resultados e considerar ajustes necessários.

“Uma vez que esses dados são registrados, conseguimos ter um parâmetro visual e pensar em como podemos trabalhar para obter mais resultados positivos”, disse Claudionei Barboza.

“A forma como a Central está lidando com as demandas que chegam lá é totalmente diferente do que era feito antes. Em um mês de implementação, já conseguimos números expressivos em relação ao trabalho preventivo realizado pela Guarda Municipal”, acrescentou Glauber Mendes.

Deixe um comentário