Você está visualizando atualmente “Há como voltar a gerar os empregos que o Amazonas tinha”, diz Eduardo

“Há como voltar a gerar os empregos que o Amazonas tinha”, diz Eduardo

“Quando fui governador, peguei o Distrito Industrial com 60 mil empregos e entreguei com mais de 125 mil. Conseguimos isso porque trabalhamos com planejamento estratégico. Hoje, o Distrito Industrial tem pouco mais de 75 mil a 80 mil empregos. Mas temos capacidade para voltar a gerar empregos trazendo novos produtos para o Polo Industrial e criar oportunidade para o trabalhador”. O comentário do senador e candidato à reeleição, Eduardo Braga (MDB), durante reunião ontem, 17, com lideranças comunitárias, na Zona Norte, refletiu a realidade de dezenas de pessoas que estavam presentes.

Ao questionar quantas estão desempregadas, o senador viu centenas levantarem as mãos, em meio aos apelos por mudanças. Segundo Eduardo, isso é um drama vivido por inúmeros amazonenses que viram o desemprego aumentar nos últimos anos. Contudo, ele afirma que existem estratégias que podem ser implementadas e transformar a economia, impulsionadas por intervenções junto ao Governo Federal.

“Há como mudar a triste realidade que atinge, principalmente, o trabalhador que precisa sustentar sua família e voltar a gerar os empregos que o Amazonas tinha. Temos que trazer outros produtos para o Distrito Industrial. Não basta produzir televisão, motocicletas, smartphones e tablets. Conquistamos grandes avanços para o Estado quando trouxemos e conseguimos manter esses produtos no Polo Industrial. Mas temos que pensar no futuro e produzir placas de energia solar e lâmpadas LED porque esses produtos têm mercado no Brasil. Vamos gerar emprego e renda focando em novas soluções. Isso é possível porque, graças a Deus, prorrogamos a Zona Franca de Manaus até 2073”, ressaltou.

A iniciativa de Braga, de fazer o alerta sobre o cenário atual e prestar contas à população de seu mandato no Senado, evidencia a necessidade de continuar um trabalho que tem gerado resultados fundamentais para o Estado. “Uma voz independe e corajosa pode fazer uma grande diferença para vencer os desafios junto ao Governo Federal. Nossas conquistas e intervenções para o Amazonas provam que estamos na direção certa e isso não pode parar. Estamos na luta para conquistar muito mais para o Amazonas e para o povo que tem esperança”, finalizou.

“Eduardo é o nome para o Senado por tudo que ele fez por Manaus e pelo Amazonas quando foi governador e prefeito. Ele é o único que nunca abandonou a Zona Norte. É o homem que promete e faz. Ele sabe administrar. As obras que ele fez mudaram a vida de milhares de pessoas e o povo tem que votar em quem sabe fazer e que é capaz de conduzir um mandato comprometido com a população. Ele tem experiência em cuidar do povo”, disse o eletricista Carlos Lima, 53, morador do bairro Nova Cidade.

Deixe um comentário