INDSH ganha aditivo de R$ 182 milhões do Secretária de Estado de Saúde

INDSH ganha aditivo de R$ 182 milhões do Secretária de Estado de Saúde

INDSH ganha aditivo de R$ 182 milhões do Secretária de Estado de Saúde

Anúncios

O Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH) ganhou o quinto termo aditivo e vai faturar mais R$ 182,7 milhões do governo do Amazona para prestar serviços à Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM). Por mês, o Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH) receberá R$ 15,2 milhões para prestar serviços no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Delphina Aziz e Unidade de Pronto-Atendimenro (UPA) Campos Sales.

O aditivo foi publicado no Diário Oficial do Estado nesta segunda-feira (26), no site da Imprensa Oficial do Amazonas.

De acordo com o aditivo assinado pelo secretário de Estado da Saúde, Marcellus Campelo, o novo contrato começou a vigorar no último dia 1º e terá vigência até 30 de setembro de 2021. Em 29 de setembro, a CPI da Saúde pediu o indiciamento de 16 pessoas apontadas como envolvidas em irregularidades em contrato firmado com a INDSH. Entre os citados até a própria Organização Social de Saúde, por atos de improbidade; além do ex-secretário de Saúde do Estado, também citado no relatório da Comissão por ato de improbidade.

Deixe um comentário