Josué Neto cita tecnologia Israelense para explorar silvinita de maneira sustentável

Josué Neto cita tecnologia Israelense para explorar silvinita de maneira sustentável

Josué Neto cita tecnologia Israelense para explorar silvinita de maneira sustentável

O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), Josué Neto, se mostrou preocupado com anúncio feito pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de que pode haver desabastecimento de alimento no Brasil pela falta de fertilizantes, insumo essencial para a produção de comida no País e que a solução seria explorar potássio na foz do Rio Madeira, no Amazonas.

Anúncios

Nas redes sociais, Josué, afirmou que é possível explorar de maneira sustentável a silvinita (pedra onde se encontra o minério) no Estado.

“Tecnologia Israelense que explora minerais na floresta equatorial africana não prejudica o meio ambiente. Milhares de empregos gerados e receitas provenientes de impostos são arrecadados. Vai ver que o Brasil não se interessa por isso porque o povo brasileiro não precisa disso”, escreveu o conselheiro.

O Amazonas detém as maiores reservas de potássio do planeta.

“Países preocupados com o desabastecimento mundial de alimentos pela baixa produção de fertilizantes e no Amazonas temos a maior jazida de sais de potássio que é o principal componente dos fertilizantes. Vai ver que o Brasil não se preocupa porque o povo brasileiro não precisa disso”, falou Josué.

O conselheiro do TCE ainda alertou que uma parcela da área de sais de potássio está em áreas indígenas e descreve algumas situações para explora-la de forma sustentável.

“1º mesmo que não estivessem, o prejuízo ambiental deve ser mínimo. 2º diálogo com a etnia indígena garantindo contrapartida e 3º maior parte não está em área Indígena”, finalizou.

Deixe um comentário