Você está visualizando atualmente Josué Neto critica oposição de Vaticano a projeto de lei contra homofobia na Itália

Josué Neto critica oposição de Vaticano a projeto de lei contra homofobia na Itália

Josué Neto critica oposição de Vaticano a projeto de lei contra homofobia na Itália

O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Josué Neto, criticou a decisão do Vaticano em se opor a um projeto de lei na Itália que tem como meta combater a homofobia no país. Josué explica que a homofobia é responsável por milhares de mortes anualmente, e se diz ser contra o posicionamento, e espera que a igreja Católica reveja sua decisão.

“Sou brasileiro, católico, e heterossexual. No Brasil, a homofobia é responsável anualmente por milhares de mortes de homossexuais. O Deus, pai de Jesus Cristo que eu tenho fé, não é a favor disso. Espero que a igreja Católica reforme sua decisão”, afirma em sua publicação.

É a primeira vez que o Vaticano critica um projeto de lei da Itália, de acordo com a mídia italiana. Para a Santa Sé, o projeto de lei restringe a liberdade de expressão dos católicos.

O projeto de lei está em discussão no Senado. O texto visa a punir atos de discriminação e de incitamento à violência contra gays, lésbicas, transexuais e pessoas com deficiência.

De acordo com matéria do jornal “Corriere della Sera” publicada na terça-feira, 22, dom Paul Gallagher, responsável no Vaticano pelas relações com os outros Estados, enviou uma “nota verbal” à embaixada italiana junto à Santa Sé em 17 de junho.

O Vaticano explica que o texto legislativo viola a liberdade da Igreja Católica no âmbito da organização e do exercício do culto, bem como a liberdade de expressão concedida aos fiéis e às associações católicas.

Deixe um comentário