You are currently viewing Justiça decreta prisão preventiva de acusados de matar Dom e Bruno

Justiça decreta prisão preventiva de acusados de matar Dom e Bruno

Justiça decreta prisão preventiva de acusados de matar Dom e Bruno

A Justiça Federal no Amazonas transformou em preventiva (sem prazo) as prisões de Amarildo da Costa Oliveira, Oseney da Costa Oliveira e Jeferson da Silva Lima. Eles são os três principais investigados pelos assassinatos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips, no início de junho.

Anúncios

Rubens Villar Coelho, o ‘Colômbia’, novo suspeito nos assassinatos da dupla, também teve prisão preventiva decretada, após ser detido em flagrante na quinta por uso de documento falso. Ele é apontado como possível mandante do crime.

Os presos, segundo a PF, devem ser transferidos para Manaus, onde “permanecerão à disposição das autoridades policiais e da Justiça Federal” Outras cinco pessoas também são investigadas por ocultação dos corpos.

Deixe um comentário