You are currently viewing Manaus terá mais de 50 pontos de vacinação contra a Covid-19 nesta semana

Manaus terá mais de 50 pontos de vacinação contra a Covid-19 nesta semana

Manaus terá mais de 50 pontos de vacinação contra a Covid-19 nesta semana

Prefeitura de Manaus manterá em funcionamento 51 pontos de vacinação contra a Covid-19 ao longo desta semana. Os locais estão preparados para atender quem já está no prazo para receber a terceira dose, os já autorizados a receber a quarta dose e crianças, adolescentes e adultos que, por algum motivo, ainda não iniciaram ou não completaram seu esquema vacinal.

Anúncios

O titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Djalma Coelho, informa que, para o público acima de 12 anos, são 47 pontos de atendimento – 45 unidades de saúde distribuídas em todos os distritos de saúde da área urbana e dois locais estratégicos, o shopping Phelippe Daou, na zona Norte, e o Centro de Convenções de Manaus (sambódromo), na zona Oeste, que também atende o público infantil. Todos estarão abertos das 9h às 16h, de segunda a sábado.

De acordo com o secretário, para as crianças de 5 a 11 anos, além do sambódromo, estarão operando, também de segunda a sábado, o Sesi-Clube do Trabalhador, na zona Leste, e o Studio 5 e o Parque Cidade da Criança, na zona Sul, das 9h às 16h. Já o shopping Via Norte, na zona Norte, ficará aberto das 10h às 16h.

Os endereços de todos os locais de vacinação, com os imunizantes disponíveis e os horários de funcionamento, podem ser consultados no site da Semsa por meio do link bit.ly/localvacinacovid19 ou nos perfis da Secretaria nas redes sociais (@semsamanaus, no Instagram e Semsa Manaus, no Facebook).

A diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica da Semsa (Devae), Marinélia Ferreira, destaca que os menores de idade devem ir aos pontos de vacinação acompanhados de um dos pais ou de um responsável maior de 18 anos, levando a caderneta de vacinação, a certidão de nascimento ou um documento de identificação com foto, e o Cartão Nacional do SUS ou o CPF.

Os adultos também devem apresentar a carteira de vacinação, um documento de identidade original com foto e o CPF.

Marinélia observa que os que têm imunossupressão e vão receber a terceira dose (12 a 17 anos) ou a quarta dose (acima de 18 anos) precisam levar também laudo médico comprovando esta condição de saúde.

A diretora destaca, ainda, que os adultos vacinados contra influenza e sarampo durante a campanha nacional, aberta no último dia 4, não precisam esperar 14 dias para receber a vacina contra a Covid-19. Esse tempo de espera é obrigatório apenas para as crianças, que não podem receber qualquer outra vacina sem respeitar o intervalo de 14 dias antes ou depois de tomar a dose contra a Covid.

Doses

Na atual fase da campanha municipal de vacinação contra a Covid-19 estão disponíveis as duas doses do esquema vacinal para o público de 5 a 11 anos de idade. A segunda dose deve ser tomada no prazo de 28 dias, se a primeira dose foi de CoronaVac, ou de dois meses, se a criança tiver sido vacinada com a Pfizer pediátrica.

Os pais devem verificar a data em que foi aplicada a primeira dose na caderneta de vacinação ou na plataforma Imuniza Manaus (imuniza.manaus.am.gov.br), na opção “Consultar minhas doses”.

Para o público de 12 a 17 anos estão disponíveis as duas primeiras doses, com intervalo de 21 dias. Se o adolescente tiver alto grau de imunossupressão também pode receber a dose adicional (terceira dose) dois meses após ter completado o esquema inicial.

Quem tem mais de 18 anos e já recebeu as duas doses iniciais, deve receber a dose de reforço, e os intervalos são diferentes. Para quem tem entre 18 e 59 anos, a terceira dose deve ser administrada após quatro meses da segunda. Para os idosos de 60 anos ou mais, três meses após a segunda. E para todos os imunossuprimidos a partir de 18 anos, no prazo de 28 dias após a segunda dose.

Além dessas, está disponível a quarta dose, que pode ser tomada por pessoas imunossuprimidas e por idosos de 70 anos ou mais, que tomaram a terceira dose há, pelo menos, quatro meses.

Deixe um comentário