Marcelo Ramos chama Governo Federal de “negacionista econômico” e é criticado em rede social

Marcelo Ramos chama Governo Federal de “negacionista econômico” e é criticado em rede social

Marcelo Ramos chama Governo Federal de “negacionista econômico” e é criticado em rede social

Ao criticar o Governo Federal o chamando de “negacionista econômico” devido a alta do desemprego no País em decorrência da pandemia da Covid-19, o vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PL), foi criticado no Twitter.

Anúncios

“Ao tempo em que arrefece a pandemia da COVID, agrava a pandemia do desemprego, da fome, da inflação e dos juros. O pior é que o governo migra do negacionismo sanitário, para o negacionismo econômico”, escreveu o deputado.

Um seguidor, rebateu a crítica ao dizer que Marcelo, até um tempo atrás, apoiou que empresas fossem fechadas, causando assim o aumento de desemprego e empresas falidas.

“Aé! Tinha que ter visto isto quanto apoiou que empresas fossem fechadas e até suas portas soldadas, até vendedores de ruas foram presos, milhares de empresas faliram demitiram e só agora os políticos e imprensa falam o que Bolsonaro dizia há meses”, escreveu o seguidor.

Um outro, chegou a relembrar uma frase dita por muitos políticos o “fique em casa”.

“A economia resolve depois. Conforme exigido. Não era pra ter chegado aqui. País sério não parou tudo. Aqui Universidades Federais se recusam a voltar às aulas. A mamata do Fique em Casa pegou no gosto popular”, disse.

Entre várias críticas um seguidor, disse que enquanto se cobra e critica o Governo Federal, a Câmara dos Deputados, continua inerte.

“E a Câmara continua inerte, sendo cúmplice das mortes na pandemia e cúmplice do desastre econômico. Os senhores serão lembrados pela covardia em 2022. Podem ter certeza” , finalizou.

Deixe um comentário