Você está visualizando atualmente Marcelo Ramos sofre princípio de infarto em Manaus

Marcelo Ramos sofre princípio de infarto em Manaus

Marcelo Ramos sofre princípio de infarto em Manaus

O ex-deputado federal Marcelo Ramos afirmou nesta terça-feira (7) que foi internado, no último sábado, (4), no Hospital Adventista, em Manaus, para se submeter a um cateterismo. Em vídeo publicado nas redes sociais, o político relatou que começou a sentir um dor, antes de uma partida de futebol, promovida pela Ordem dos Advogados do Amazonas (OAB-AM), uma pressão na região do peito.

Ramos, que exerce a função de consultor da Petrobrás, relatou que, após realizar exames, foi identificado uma alteração numa enzima chamada troponina, que quando elevada, indica que o coração está em sofrimento e que há risco de infarto.

“Fui para o cateterismo e tão logo começou o exame foi identificado duas artérias comprometidas, uma principal, talvez a mais importante do meu coração, com 75% de comprometimento, e uma artéria secundária com 99% de comprometimento. Foi colocado dois stents e graças a Deus deu tudo certo no procedimento e voltei para a UTI. Fiquei na UTI até ontem (6) e hoje já fui transferido para um quarto e os resultados dos meus exames já mostram as funções cardíacas todas recuperadas e a troponina em nível normal”, diz Ramos no vídeo.

O ex-deputado lembra que tem uma vida agitada do ponto de vista profissional e ativa do ponto de vista esportivo, mas que fatores como má alimentação, estresse e doenças hereditárias foram alertas negligenciados.

Marcelo ainda lembrou, no vídeo, que perdeu o pai que sofreu um infarto fulminante jogando futebol.

“Fiz meu check-up em 2019, não fiz em 2020, não fiz em 2021, não fiz em 2022, não fiz em 2023 e eu tinha uma deficiência cardíaca e não sabia. Hoje a cardiologista me disse que tive sorte. (…) Graças a Deus não tive nenhum episódio de dor e nem um infarto mais grave. Quem me conhece sabe que jamais iria para o hospital por uma simples agonia no peito, mas Deus agiu na minha vida e eu resolvi vir para o hospital e diagnosticar um problema que poderia ser irreversível, porque sem eu saber o meu coração era uma bomba relógio”, relatou.

Ao final, o político afirmou que terá alta médica ainda nesta terça-feira. “Se cuidem, alimentação, evitar estresse maiores, quem tiver problemas hereditários, fazer exames regulares e fazer atividades físicas. (…) Está tudo bem, foi só um susto”, concluiu.

Com dados do Estado Político

Deixe um comentário