Menezes rebate criticas de Omar: ‘Está solto apenas por ter foro privilegiado, mas vai ficar sem mandato e será preso’

Menezes rebate criticas de Omar: ‘Está solto apenas por ter foro privilegiado, mas vai ficar sem mandato e será preso’

Menezes rebate criticas de Omar: ‘Está solto apenas por ter foro privilegiado, mas vai ficar sem mandato e será preso’

Anúncios

O pré-candidato ao Senado, Alfredo Menezes (sem partido) ao rebater comentários ácidos direcionados a ele por Omar Aziz nesta segunda-feira, (6), afirmou que prefere ser lambe-botas de alguém honesto como o presidente Bolsonaro, de quem é aliado político, do que apoiar alguém corrupto como Aziz. Menezes afirmou com convicção que o senador está solto apenas por ter foro privilegiado, mas afirmou que logo o parlamentar ficará sem mandato e será preso.

“Prefiro ser lambe-botas de político honesto como o Presidente Bolsonaro do que um corrupto como ele, acusado desviar recursos da saúde do meu Estado e receber propina de 5% da Andrade Gutierrez. Omar ainda está solto apenas por ter foro privilegiado, mas vai ficar sem mandato, e o desespero já está batendo desde agora”, declarou Menezes.

Ainda em resposta a Omar Aziz, Menezes chegou a compará-lo a um câncer, e afirma que o povo do Amazonas vai “extirpa-lo”, nas eleições de 2022. Vale ressaltar que, Alfredo Menezes é o principal adversário político de Aziz no Amazonas, pois concorrerá a sua vaga no Senado Federal.

Veja nota na íntegra:

Esse cidadão nunca trabalhou na vida, nada faz ou fez para ajudar pessoas do Amazonas, apenas age sempre pensando no seu interesse pessoal.

Prefiro ser lambe-botas de político honesto como o Presidente Bolsonaro do que um corrupto como ele, acusado desviar recursos da saúde do meu Estado e receber propina de 5% da Andrade Gutierrez. Omar ainda está solto apenas por ter foro privilegiado, mas vai ficar sem mandato, e o desespero já está batendo desde agora.

Realmente, o conteúdo que esse senador da Maus Caminhos se refere deve ser os R$260 milhões desviados da Saúde do estado, do seu passaporte que está apreendido pela Polícia Federal, e também dos seus irmãos e a mulher que foram presos na operação VERTEX.

Esse cidadão é um câncer para o estado, e em 2022 o povo do Amazonas vai extirpa-lo. Trata-se de um errante, um ser desprezível e sem nenhum valor moral. Tenho que concordar que isso é um conteúdo muito pesado para ele.

Em 2022 não será reeleito, o desespero chegou antes do que ele poderia imaginar.

Selva!!!

Deixe um comentário