Você está visualizando atualmente Modernização de sistemas irá economizar R$ 1 milhão por ano aos cofres do Estado

Modernização de sistemas irá economizar R$ 1 milhão por ano aos cofres do Estado

Modernização de sistemas irá economizar R$ 1 milhão por ano aos cofres do Estado

A Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-AM) comemorou nesta semana a migração completa da plataforma tecnológica dos sistemas e base histórica de dados do órgão, responsável pela gestão financeira, fiscal e contábil do Governo do Amazonas.  Com a substituição por um software próprio, o Estado terá uma economia de pelo menos R$ 1 milhão por ano.

Desenvolvida pelo Departamento de Tecnologia da Informação (Detin) da Sefaz-AM, a nova plataforma utiliza linguagem de programação e base de dados modernas (Java/Oracle) e também deve garantir mais agilidade e segurança ao processamento de dados de milhares de contribuintes do Estado do Amazonas.

O chefe do Detin, Rodrigo Albuquerque, explica que a secretaria vem substituindo os sistemas e transferindo sua base histórica de dados ao longo da última década, trabalho que culminou na migração do ambiente digital no qual se administra a conta corrente do Estado do Amazonas, base da aferição da arrecadação tributária estadual.

“O Estado já chegou a pagar uma fatura mensal de R$ 1,5 milhão pelo uso desses sistemas. Ao longo do tempo, esse custo veio diminuindo e, mais recentemente, antes da migração completa, girava em torno de R$ 80 mil, cerca de R$ 1 milhão por ano”, explica Rodrigo.

O secretário de Fazenda, Alex Del Giglio, afirmou que a migração dos sistemas, juntamente com a aquisição de um moderno Data Center, que deve ocorrer em 2020, reflete o compromisso da Secretaria de Fazenda e do Governo do Amazonas em fazer do fisco um instrumento eficiente de justiça tributária.

“Estamos dando um grande passo no sentido de um fisco ainda mais moderno, ágil, com mais segurança e capacidade de atender às necessidades do contribuinte e do estado em um contexto tecnológico e dinâmico como o atual”, declarou Alex Del Giglio.

Para a secretária executiva de Assuntos Administrativos da Sefaz-AM, Alana Valério, trata-se de um marco na trajetória do órgão. “É um momento histórico, porque representa um divisor de águas do ponto de vista tecnológico, da segurança, da eficiência na prestação de serviços e da própria economia em termos de recursos”, acrescentou.

NÚMEROS

900.000 notas fiscais em média são processadas num único dia no sistema de apuração tributária

Deixe um comentário