Omar, Braga e Ramos na lista dos mais influentes do Congresso

Omar, Braga e Ramos na lista dos mais influentes do Congresso

Omar, Braga e Ramos na lista dos mais influentes do Congresso

A lista dos chamados “cabeças do Congresso” foi divulgada nesta sexta-feira (17) pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) e nela consta os senadores Omar Aziz (PSD) e Eduardo Braga (MDB) e o deputado federal Marcelo Ramos (PL) entre os 100 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional.

Anúncios

Aziz e Ramos, ambos no primeiro mandato, constam na lista pela segunda vez. Já Braga com dois mandatos, está na relação pela sétima vez.

O Diap destacou Aziz e o Ramos como debatedores, onde são aqueles parlamentares “ativos, atentos aos acontecimentos e principalmente com grande senso de oportunidade e capacidade de repercutir” assuntos políticos dentro e fora do parlamento.

E Braga é apontado como negociador, que “São aqueles parlamentares que, investidos de autoridade para firmar e honrar compromissos, sentam-se à mesa de negociação respaldados para tomar decisões”, diz o Diap.

Segundo Omar Aziz que é presidente de uma das comissões mais importantes do Congresso o da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), disse que comandar a comissão, pode ter contribuído pela sua posição de destaque, porém, destacou uma qualidade pessoal: “Você se esforça muito para fazer um mandato que tenha respeito da população e dos seus pares.”

Líder do MDB no Senado, uma das maiores bancadas, Braga também destacou as qualidades pessoais: “Fruto de muito trabalho para honrar o mandato que Deus e o povo do Amazonas nos concederam.”

Ramos, que presidiu a comissão especial sobre a reforma da previdência, atualmente é cotado para disputar a presidência da Câmara dos Deputados.

Ele também destacou o seu desempenho: “Tenho trabalhado muito para ajudar o Amazonas e o Brasil e fico feliz com o reconhecimento. O mais importante é usar essa influência para viabilizar recursos e aprovar projetos que ajudem os amazonenses.”

Cabeças do Congresso

Segundo o Diap, os “cabeças” são aqueles parlamentares que conseguem se diferenciar dos demais pelo exercício de todas ou algumas das qualidades e habilidades aqui descritas.

Entre os atributos, destacam-se a capacidade de conduzir debates, negociações, votações, articulações e formulações.

“Enfim, é o parlamentar que, isoladamente ou em conjunto com outras forças, é capaz de criar seu papel e o contexto para desempenhá-lo.”

Fonte: BNC Amazonas

Deixe um comentário