Omar espera que Wilson Lima possa se defender e critica Bolsonaro e Paulo Guedes

Omar espera que Wilson Lima possa se defender e critica Bolsonaro e Paulo Guedes

Omar espera que Wilson Lima possa se defender e critica Bolsonaro e Paulo Guedes

O senador Omar Aziz (PSD) afirmou em entrevista ao programa Manhã no Ar, da Tv A Crítica, que a CPI da Covid cumpriu o seu papel de investigar e que mostrou um governo negacionista e que não acredita na ciência.

Anúncios

“Temos um presidente que brinca de ser presidente e que não tem respeito por si próprio e que quando sai pelo mundo a fora é pior ainda, e quando vem a Manaus, faz maior gracinha. Ele dava para ser um bom piadista, mas como presidente ele e sua equipe são responsáveis inclusive pelo que aconteceu em Janeiro aqui no Amazonas”, afirmou Aziz.

Ao ser questionado sobre a inclusão do nome do governador Wilson Lima (PSC) no relatório final da CPI da Covid, Omar disse que espera que o governador possa se defender das acusações, visto que Wilson é réu em um processo no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

“Ele vai responder duas vezes pelo mesmo problema. Eu espero que ele possa se defender na justiça e esclarecer os fatos que é o que qualquer uma das pessoas que foram indiciadas devem fazer”, declarou Omar.

Incialmente nenhuma autoridade amazonense havia sido indiciada pela CPI, entretanto, após uma pressão do senador Eduardo Braga (MDB), Wilson Lima e o ex-secretário de Saúde, Marcellus Campelo foram adicionados.

Omar revelou que os documentos da investigação relacionados com a crise de oxigênio e aplicativo TratCov, supostamente usado para prescrever o tratamento precoce com medicamentos sem eficácia contra a Covid-19, devem ser encaminhados essa semana para o Ministério Público Federal (MPF) e do Amazonas (MPAM).

Economia

O senador também criticou a postura de Bolsonaro por adotar a frase “fique em casa” como o grande problema para Economia do Brasil.

“Quantos países adotaram o lockdown, o fique em casa e as restrições necessárias e não estão passando pelo o que estamos passando? O presidente não entende absolutamente nada de economia. A gasolina como é que está? Tem município que está R$ 9 o litro da gasolina. Tá bom, esquece a gasolina. Deixamos de produzir arroz, feijão na pandemia? Não. Somos o maior produtor de grãos do mundo e teve aumento na nossa produção em plena a pandemia e porque estes produtos estão mais caros? Qual a razão e o que tem a ver o preço da gasolina com a pandemia? É a política da Petrobras que não é mais social, e sim, de lucros para os seus acionistas”, disse.

O parlamentar ainda falou que embora a pandemia tenha trazido prejuízos econômicos ao Mundo, o Brasil não tem um planejamento e que o Ministro da Economia, Paulo Guedes, é o maior falastrão.

“Houve desemprego? Houve. A gente passou necessidade? Passou. Mais o Brasil já vinha com mais de 14 milhões de desempregados antes da pandemia e não tinha perspectiva de crescimento. Ele coloca o ministro da Economia, Paulo Guedes, que é o maior falastrão que já passou naquele ministério. Nada daquilo que ele fala acontece. Os países adotaram suas políticas de planejamento e o Brasil não tem. O ministro fala, fala e o presidente como também não tem capacidade técnica para debater com ele, tem que ouvi-lo e se calar”, contou Omar que acrescentou.

“Ele (Paulo Guedes) está ali, porque é bom para ele. Porque ele tem Offshore lá fora, onde ele tinha US$ 11 milhões de dólares quando assumiu, o que equivaleria R$ 27 milhões à época e hoje custa quase R$ 60 milhões. Ele ganha dinheiro com “especulação” e sem gerar um emprego no Brasil. A fortuna de Paulo Guedes, mais que duplicou. Então é este o governo. O da rachadinha, da mentirinha, da brincadeirinha e que se utiliza da boa fé cristã para se auto proclamar “mito. O pais não pode passar vexame. O povo brasileiro não pode ficar à mercê de uma pessoa que não tem a mínima de condições de debater profundamente os problemas que o Brasil passa neste momento”, argumentou.

Ao fim, Omar falou sobre ação que a Dra. Mayra Pinheiro, conhecida como a Capitã Cloroquina, entrou contra ele no Supremo Tribunal Federa (STF).

“Lógico que ela tem que me acusar de alguma coisa. Ela que trouxe aqui a morte. Ela em vez de trazer oxigênio, ela trouxe aqui o TrateCov. Deixa ela me acusar porque eu sei que ela irá passar muito tempo respondendo pelos crimes que cometeu e dos amazonenses que perderam a vida por causa desta senhora. E tenho certeza que será feito justiça”, afirmou Omar que disse que o relatório final da CPI da Covid, traz alguns programas que ajudaram viúvas, órfãos e pessoas que não tem mais condições de sobreviver.

“Temos milhões de brasileiros sequelados. Que saíram desta pandemia e que irão precisar do nosso apoio”, finalizou Omar Aziz.

Deixe um comentário