‘Perdeu uma oportunidade gigantesca’, diz Omar, sobre ausência de Wilson Lima

‘Perdeu uma oportunidade gigantesca’, diz Omar, sobre ausência de Wilson Lima

‘Perdeu uma oportunidade gigantesca’, diz Omar, sobre ausência de Wilson Lima

O presidente da CPI da Pandemia, Omar Aziz (PSD), disse nesta quinta-feira (10) após ler o habeas corpus em que a ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu ao governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC) para que ele não compareça ou fique em silêncio no depoimento à CPI, que Wilson Lima, “perdeu uma oportunidade gigantesca” de explicar os acontecimentos relacionados à pandemia no estado.

Anúncios

“Governador Wilson Lima, vossa excelência, perde uma oportunidade gigantesca, não só como homem público, mas também como pessoa e para sua história de explicar de fato ao Brasil e ao povo do Amazonas, quem são os responsáveis pelas omissões que aconteceram com o nosso povo e principalmente, para as pessoas que perderam parentes e amigos, afirmou Omar que disse que não gosta de prejulgar ninguém.

O presidente da CPI, ainda afirmou que o colegiado irá recorrer a decisão do STF, e espera que no dia (15) o ex-secretario de saúde do estado, Marcellus Campêlo possa comparecer e prestar esclarecimentos sobre o que aconteceu no Amazonas.

“Espero que a gente possa, independente das decisões do STF, que volto a repetir, vamos respeitar, mas não vamos cessar a nossa busca pela verdade. A verdade daqueles que foram omissos e que deixaram de salvar vida”, finalizou Omar.

 

Deixe um comentário