Você está visualizando atualmente PMs que mataram 17 bandidos em confronto no AM são inocentados em inquérito policial

PMs que mataram 17 bandidos em confronto no AM são inocentados em inquérito policial

PMs que mataram 17 bandidos em confronto no AM são inocentados em inquérito policial

Os Policiais Militares (PM), que mataram 17 bandidos no confronto contra o tráfico de drogas em Manaus, na noite do dia 29 de outubro de 2019, foram inocentados no inquérito da Polícia Civil que acusava os PMs de dolo homicida. Na conclusão do inquérito, foi constatado que os policiais agiram no estrito cumprimento do dever legal no exercício de sua profissão.

A ação dos PMs aconteceu por volta das 22h acionados por moradores do bairro Crespo, que denunciaram a ação de traficantes da facção da Família do Norte que estariam em um confronto com o Comando Vermelho por conta de pontos de vendas de drogas no local.

O site Folha de São Paulo aborda a ação dos policiais como “a mais violenta ação policial registrada no país”. E políticos do Amazonas, que são, inclusive, colegas de farda dos PMs, repudiaram a reportagem e saíram em defesa dos policiais.

O deputado federal, Capitão Alberto Neto gravou um vídeo de repúdio, e afirmou que o site presta um desserviço à população. “Quero deixar aqui meu repúdio à Folha de São Paulo que presta um desserviço à população. A polícia agiu na técnica, e o inquérito provou isso. Não houve execução, foi um confronto policial. Nós não queremos viver em um país onde o policial fique acuado, quem tem que ficar acuado é o bandido, os traficantes”, afirmou o parlamentar.

Segundo o inquérito, sob responsabilidade da Unidade de Apuração de Atos Infracionais da Policia Civil do Amazonas (Uiap) e do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), os 17 mortos pertenciam à FDN e participaram da ação fortemente armados

Deixe um comentário